PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Técnico do River é punido pela Conmebol e fica fora de jogo contra o Grêmio

ALEJANDRO PAGNI / AFP
Imagem: ALEJANDRO PAGNI / AFP

Do UOL, em São Paulo

29/10/2018 20h57

O Tribunal de Disciplina da Conmebol divulgou nesta segunda-feira (29) a decisão de multar o River Plate e suspender o técnico Marcelo Gallardo por uma partida. A entidade não especifica o motivo da suspensão, mas aponta artigos disciplinares e proíbe o técnico de estar no banco de reservas na decisão desta terça-feira (30).

A punição impede Gallardo de ter “acesso ao vestiário, túnel, banco de reservas ou área técnica antes nem durante” a semifinal contra o Grêmio, “nem comunicar-se com sua equipe”. Além da suspensão, o treinador foi multado em US$ 1,5 mil. 

Segundo especula a imprensa argentina, a indisciplina pode ter sido um diálogo acalorado de Gallardo com o árbitro peruano Victor Hugo Carillo, que comandou o duelo da semana passada no Monumental de Núñez. Outra possibilidade seria a reincidência do atraso para a equipe subir a campo.

O River Plate recebeu multa de US$ 20 mil por vários motivos, entre eles atraso da equipe e uso de sinalizadores por parte de sua torcida. Por meio da decisão, a Conmebol ainda avisa o clube argentino e o técnico que novas infrações de natureza similar serão consideradas agravantes.

Cabe recurso contra a decisão na Câmara de Apelações da Conmebol em até sete dias a partir desta segunda. No entanto, como a partida em Porto Alegre é na terça, o River Plate tem cerca de 24 horas para tentar reverter a punição ao treinador.

Grêmio e River Plate se enfrentam na Arena a partir das 21h45 (de Brasília) desta terça-feira. O time brasileiro tem vantagem de 1 a 0 conquistada no jogo de ida e pode até empatar para avançar à final da Copa Libertadores.

Futebol