PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Palmeiras admite baque após queda contra o Boca, mas mantém fé em virada

Dudu, durante partida entre Palmeiras e Boca Juniors - ALEJANDRO PAGNI / AFP
Dudu, durante partida entre Palmeiras e Boca Juniors Imagem: ALEJANDRO PAGNI / AFP

Do UOL, em São Paulo

24/10/2018 23h56

O Palmeiras perdeu de 2 a 0 para o Boca Juniors com dois gols no fim da semifinal da Libertadores, disputada na noite desta quarta-feira (24). O resultado abalou os jogadores, mas a tentativa foi de manter o otimismo nas entrevistas ainda o gramado da Bombonera.

LEIA MAIS
Assista aos gols de Boca Juniors 2 x 0 Palmeiras

Como a regra da competição mantém o gol fora de casa como critério, o Alviverde precisará vencer por três gols de diferença para avançar sem a necessidade dos pênaltis.

Moisés, um dos piores em campo pelo Palmeiras, tentou mostrar esperança na força da torcida no Allianz Parque, no jogo da próxima quarta-feira (31).

"Realmente, criamos pouco perto do que a gente vinha fazendo. Mas eles também não criaram muito. Essa equipe vai lutar para reverter dentro de casa. Sabemos que é um resultado reversível, difícil, porque a equipe deles tem qualidade, mas reversível. Quando fizermos um gol na nossa arena, eles vão ficar assustados", falou o camisa 10 em entrevista ao Sportv.

Dudu, outro que não viveu noite inspirada, disse que a equipe falhou por desatenção e que acredita na virada em São Paulo

"Difícil reverter este placar de 2 a 0, mas a gente tem condição. Já mostramos hoje no jogo. Por desatenção, tomamos dois gols. Acredito que na quarta a gente vai poder reverter", afirmou ele à TV Globo.

Futebol