PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Kannemann admite preocupação com VAR: "Problema é o ser humano"

Kannemann, zagueiro do Grêmio, dá entrevista coletiva na Argentina - Jeremias Werneck/UOL
Kannemann, zagueiro do Grêmio, dá entrevista coletiva na Argentina Imagem: Jeremias Werneck/UOL

Jeremias Wernek

Do UOL, em Buenos Aires (Argentina)

22/10/2018 18h36

Walter Kannemann, zagueiro do Grêmio, admitiu que tem uma ponta de preocupação com o árbitro de vídeo na Libertadores. Um dia antes do jogo de ida contra o River Plate, pela semifinal, o argentino foi específico. Disse que a dor de cabeça está relacionada aos encarregados do recurso e não ao sistema em si.

River e Grêmio se enfrentam nesta terça-feira (23), às 21h45 (Brasília), em Buenos Aires.

"Sim, me preocupa o VAR. Mas não no jogo com o River. O VAR serve, é muito muito positivo. O problema é o ser humano a trabalhar com isso. Contra o melhor time do país. Não importa a nacionalidade. Não estou preocupado, mas está aí. Tem gol, impedimentos, cartões. Vamos confiar e tentar ser eficiente para um grande jogo", disse Kannemann após treino no CT do Boca Juniors, nesta segunda-feira.

O Grêmio aprovou a escala de arbitragem para os dois jogos contra o River, mas tem uma ressalva. Conforme mostrou o UOL Esporte, o entendimento do clube gaúcho é que a equipe justamente do árbitro de vídeo poderia ter diferentes nacionalidades para evitar risco de um pensamento uniforme antecipado.

A favor do Grêmio, no entanto, conta o histórico. Depois de reclamar bastante de um pênalti em Jael no jogo de ida da final da Libertadores contra o Lanús, no ano passado, o clube gaúcho não teve motivos para ficar na bronca com o árbitro de vídeo. O recurso foi utilizado nas duas partidas da Recopa Sul-Americana, contra o Independiente e também na atual edição da Libertadores.

O Grêmio ainda aguarda a reação de Luan para definir sua escalação. O meia-atacante pediu para jogar, viajou à Argentina e será reavaliado pelos médicos. A provável formação contra o River Plate: Marcelo Grohe; Leonardo, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon, Cícero, Ramiro, Alisson, Pepê e Luan (Jael).

Futebol