PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Pelé vê injustiça com Santos, mas condena confusão: Paixão foi longe demais

Ale Cabral/AGIF
Imagem: Ale Cabral/AGIF

Do UOL, em São Paulo

29/08/2018 17h02

Pelé se manifestou nas redes sociais sobre a confusão no jogo do Santos contra o Independiente, na última terça-feira (28), pela Libertadores. O Rei do Futebol afirmou que a "paixão foi longe demais" no incidente. Inconformados com a punição imposta pela Conmebol, torcedores invadiram o gramado do Pacaembu e paralisaram a partida aos 36 minutos do segundo tempo.

"Todo torcedor do Santos é apaixonado pelo clube. No entanto, quando machucamos e assustamos outras pessoas em nome do futebol, essa paixão foi longe demais. Violência não é a resposta para essa injustiça", escreveu Pelé.

A entidade máxima do futebol sul-americano puniu o Santos pela escalação irregular de Carlos Sánchez. O jogo de ida contra o Independiente teve o placar alterado de 0 a 0 para vitória do clube argentino por 3 a 0.

A confusão teve início aos 36 minutos do segundo tempo, com a partida empatada em 0 a 0. Bombas foram lançadas em direção ao campo e torcedores chegaram a invadir o gramado. A Secretaria de Esportes e Lazer de São Paulo estimou em mais de 60 cadeiras quebradas na confusão.

Futebol