PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Conmebol rejeita apelação do Racing contra escalação irregular do River

Zuculini (foto) teria atuado irregularmente durante a Libertadores - Agustin Marcarian/Getty Images
Zuculini (foto) teria atuado irregularmente durante a Libertadores Imagem: Agustin Marcarian/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

29/08/2018 13h53

A Conmebol anunciou nesta quarta-feira (29) que não irá reconsiderar o caso da escalação irregular de Bruno Zuculini no River Plate durante a Copa Libertadores da América de 2018.

O pedido de reconsideração havia sido apresentado pelo Racing, rival do River nas oitavas do torneio, na última sexta-feira (24). Em comunicado, a Conmebol afirmou que não fará abertura de expediente disciplinar no caso.

O Racing acusa Zuculini de ter atuado irregularmente ao longo da Libertadores, uma vez que teria suspensões a cumprir referente a uma expulsão sofrida em 2013, quando ainda defendia o próprio clube. A Conmebol, porém, alegou que não houve queixa de outros clubes em tempo hábil para que clube e/ou jogador fossem punidos.

Ainda cabe recurso à decisão da Conmebol, que deve ser apresentado à Câmara de Apelações da Conmebol no prazo máximo de sete dias. O Racing, para tal, deverá pagar uma taxa de US$ 1 mil.

River Plate e Racing se enfrentam nesta quarta-feira (29) pelas oitavas da Libertadores, em jogo no estádio Monumental de Núñez. Na partida de ida, em Avellaneda, as equipes ficaram no empate sem gols. O time classificado enfrentará o Independiente.

Futebol