PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Médico do Corinthians diz que Cássio tem 'chance grande' de jogar na quarta

Cássio é dúvida para o jogo contra o Colo-Colo válido pelas oitavas da Libertadores - Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Cássio é dúvida para o jogo contra o Colo-Colo válido pelas oitavas da Libertadores Imagem: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

27/08/2018 12h44

O goleiro Cássio corre contra o tempo para estar em campo na partida entre Corinthians e Colo-Colo nesta quarta-feira, em Itaquera, pelas oitavas da Libertadores. Para reforçar o time alvinegro, o camisa 12 faz tratamento em dois períodos no CT Joaquim Grava depois de deixar o campo com dores no quadril no último sábado, ainda no primeiro tempo da partida contra o Paraná. O atleta será reavaliado no começo da tarde desta terça-feira.

"Foi uma pancada, é menos preocupante, não foi muscular. A chance [de ele jogar] é muito grande", disse Ivan Grava, médico do Corinthians, em contato com o UOL Esporte.

O problema físico aconteceu depois de uma finalização de longe do Paraná aos 26 minutos da etapa inicial. O goleiro caiu para fazer a defesa, viu a bola sair pela linha de fundo e de imediato levou a mão ao quadril. Depois de 11 minutos, logo após o gol corintiano, o arqueiro deu lugar a Walter.

"Ele foi fazer uma defesa e teve um trauma no quadril. Apresentou dor, tentou continuar no jogo e sentiu um incômodo quando chutou uma bola. Na hora do gol ele foi até o banco e disse que estava incomodando", afirmou Ivan.

Cássio começou o tratamento já neste domingo. O goleiro foi o maior destaque do Corinthians na partida de ida contra o Colo-Colo, com pelo menos três defesas difíceis na derrota por 1 a 0 - a equipe brasileira precisa vencer os chilenos por uma diferença de dois gols para avançar às quartas de final da Libertadores.

Após o jogo contra o Paraná, Cássio disse na zona mista da Arena Corinthians que faria "de tudo para estar em campo na quarta-feira" e chegou a cogitar trabalhar em três períodos para estar em campo.

Outro jogador também tenta se recuperar a tempo é o atacante Jonathas, que ficou fora da partida contra o Paraná devido a um desconforto na coxa direita. O centroavante desfalcou o time por três semanas após sofrer uma lesão muscular no mesmo local na partida contra o Cruzeiro, no fim do mês passado. Assim como Cássio, Jonathas ficou nas áreas internas do CT na manhã desta segunda-feira. A tendência é que o atacante continue afastado da equipe nesta quarta.

Futebol