PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Independiente pede a torcida que evite gestos racistas em jogo com o Santos

Reprodução
Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

27/08/2018 15h18

O Independiente emitiu uma nota com uma série de recomendações aos torcedores que virão ao Brasil para acompanhar a partida contra o Santos, pelas oitavas de final da Libertadores, nesta terça-feira (28). Entre os avisos está o pedido para que não se façam gestos racistas.

No texto, o Independiente cita que é "um delito no Brasil relacionar pessoas a animais", fazendo gestos imitando macaco ou usando a palavra "macaco". O clube ressalta que houve prisões em outras ocasiões por causa deste tipo de comportamento.

O Independiente lembra que há câmeras no Pacaembu que registram os crimes, "sendo fácil de provar o delito".

O clube argentino pede "encarecidamente" que se evitem os gestos por causa de punições financeiras ao próprio Independiente e pelo risco de o torcedor ter que permanecer no Brasil até o fim do protesto e ter o antecedente em sua ficha criminal.

Na partida de ida, na Argentina, os torcedores fizeram gestos racistas em direção aos santistas. O clube paulista cogitou denunciar o Independiente à Conmebol.

O jogo desta terça-feira será recheado de tensão. O Santos será julgado ainda nesta segunda-feira por causa de uma possível escalação irregular do meia Carlos Sánchez. Caso seja punido, o empate em 0 a 0 na ida será convertido em vitória do Independiente por 3 a 0.

Futebol