PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cortez fala em jogo do ano e não quer Grêmio com 'bunda lá atrás'

Ricardo Rímoli/AGIF
Imagem: Ricardo Rímoli/AGIF

Do UOL, em Porto Alegre

27/08/2018 20h10

O jogo do ano. Assim Bruno Cortez definiu a partida diante do Estudiantes, pelas oitavas de final da Libertadores. O discurso do lateral esquerdo simboliza o ambiente que o Grêmio cria para o reencontro com o time argentino. A ideia do camisa 12 da equipe de Renato Gaúcho é construir uma atuação com paciência e concentração para reverter a derrota de 2 a 1.

Em Quilmes, na partida de ida, o Estudiantes surpreendeu o Grêmio e chegou a fazer 2 a 0. Kannemann descontou ainda no primeiro tempo e melhorou o cenário.

"Todo mundo (está) 100%. É o jogo do ano, todo mundo está motivado para fazer uma grande partida. O time está pronto, pronto para ir e vencer", disse Cortez em entrevista coletiva. "A gente tem que fazer a leitura do jogo. O time deles é jovem, mas está bem. Apoia bem. Temos que fazer a leitura para apoiar e defender no momento certo. E não adianta ficar só com a bunda lá atrás, temos que fazer os caras correrem atrás da gente", completou.

A frase 'bunda lá atrás' diz respeito ao estilo de atuação do Grêmio. Com a desvantagem, o time gaúcho deve pressionar o rival para conseguir largar logo. A missão é encontrar o gol sem se expor demais e muito menos elevando a ansiedade dentro e fora das quatro linhas.

"O Renato sempre conversa com a nossa equipe, passa tranquilidade ao nosso grupo. Estamos no caminho certo, com humildade e respeito. Mas a gente sabe a importância do jogo para todo mundo. Temos que evitar erros, evitar dar bobeira e chance para o adversário", falou. "O gol pode sair logo ou demorar, mas o Renato já falou para a gente ir com calma. Não mudar o jeito de jogar porque o gol vai sair", acrescentou Bruno Cortez.

O time deve ter uma mudança em relação aos últimos jogos: Jael na vaga de André.

A provável escalação do Grêmio: Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Maicon, Jailson, Ramiro, Luan e Everton; Jael.

Futebol