PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Após tropeço, Fla aposta em paz do CT antes de "final" com o Cruzeiro

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

27/08/2018 11h00

Sem muito tempo para lamentar, o Flamengo deixou Belo Horizonte horas depois do empate por 2 a 2 contra o América-MG, resultado lamentado por todos os rubro-negros.

Coincidentemente, o próximo compromisso rubro-negro será justamente na capital mineira, local da decisão diante do Cruzeiro. Na quarta, às 21h45, as equipes duelam no Mineirão para saber quem vai para as quartas da Libertadores.

Em vez de permanecer concentrado em um hotel em Minas, o Flamengo já tinha optado por um retorno para o Rio. No planejamento da comissão técnica, os dois dias no Ninho do Urubu serão mais indicados para um time que já dá sinais normais de desgaste pela maratona. Na semana em que encarou o Grêmio duas vezes em sequência, a preferência foi por permanecer em Viamão, cidade a poucos quilômetros de Porto Alegre.

"Precisamos colocar os em melhores condições para o jogo, mas vou esperar as avaliações e ver as possibilidades e soluções para definir a equipe", avaliou ele.

Com a estrutura adequada e mais perto dos familiares, a comissão técnica do Flamengo entendeu que o "bate e volta" é a estratégia mais indicada para tentar reverter a desvantagem de 2 a 0. O desafio é considerado dos maiores, mas o comandante do Fla vê boas perspectivas:

"O Cruzeiro tem uma boa vantagem, mas nosso papel é lutar, brigar e tentar reverter. Quem vai definir os jogos são os jogadores, as equipes já se conhecem. Eles conseguiram sair na frente no primeiro jogo, a gente vai tentar voltar aqui da melhor maneira. Os detalhes farão a diferença".

Depois de decidir sua vida contra os mineiros, o Flamengo,recebe no domingo o Ceará, às 11h, no Maracanã, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro.

Futebol