PUBLICIDADE
Topo

Futebol

"Inadmissível o que fizemos", diz Pikachu após vaga do Vasco no sufoco

Vasco entra no grupo 5 ao lado de Cruzeiro, Racing e Universidad de Chile - Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br
Vasco entra no grupo 5 ao lado de Cruzeiro, Racing e Universidad de Chile Imagem: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Do UOL, no Rio de Janeiro

22/02/2018 00h17

A classificação sofrida para a fase de grupos do Vasco deixou um aprendizado para o elenco. Mesmo felizes e aliviados com o avanço na competição, eles admitiram que fizeram uma partida irreconhecível em Sucre (BOL), nesta quarta-feira, quando foram goleados por 4 a 0 para o Jorge Wilstermann e só alcançaram o objetivo vencendo nos pênaltis por 3 a 2 com o goleiro Martín Silva brilhando e pegando três cobranças.

“Vamos atrás de resposta. Que sirva de aprendizado para o restante da competição porque é inadmissível a partida que fizemos. Mas Deus nos abençoou, sofremos desde o ano passado, muita gente desacreditando de nós e Deus foi maravilhoso com nossa equipe. É um jogo para apagar e agora é focar no restante da competição”, declarou Yago Pikachu à TV Globo.

Heroi da classificação, Martín Silva lamentou os três gols sofridos com 16 minutos de jogo, mas preferiu também enaltecer a vaga na fase de grupos, onde ingressarão na chave 5, considerada a “da morte” enfrentarão Cruzeiro, Racing (ARG) e Universidad de Chile (CHI).

“Sofremos demais. Esses gols no início eram o que não podia acontecer, mas a gente classificou. Agora é deixar para trás. Libertadores é fase a fase. Lógico que temos que corrigir muitas coisas depois, mas estamos fazendo um campeonato muito bom. O físico influencia um pouco, isso custou caro, mas estamos de parabéns pois voltamos ao Brasil com a classificação”, declarou o goleiro.

O Cruzmaltino inicia sua caminhada na próxima etapa da competição dia 13 de março, em São Januário, contra os chilenos da La U. Em seguida enfrenta Cruzeiro (fora), dia 4/4; Racing (fora), dia 19/4; Racing (casa), dia 26/4; Cruzeiro (casa), dia 2/5; e Universidad de Chile (fora), dia 22/5.

Futebol