PUBLICIDADE
Topo

Futebol

'Estamos muito bravos conosco', diz herói Martín após vaga do Vasco

Martin Silva, goleiro do Vasco, defende pênalti do Jorge Wilstermann e comemora - Carlos Gregório Jr/Vasco
Martin Silva, goleiro do Vasco, defende pênalti do Jorge Wilstermann e comemora Imagem: Carlos Gregório Jr/Vasco

Do UOL, no Rio de Janeiro

22/02/2018 00h31

Heroi da classificação do Vasco após defender três cobranças nas disputas de pênaltis, o goleiro Martín Silva admitiu que o elenco ficou sentido com a atuação ruim para o Jorge Wilstermann, quando foram goleados por 4 a 0 no tempo normal, nesta quarta-feira, na altitude de 2.810 metros de Sucre (BOL).

“Sofreu demais, estamos muito bravos com nós mesmos. Três gols no início era tudo que não podia, até do jeito que aconteceu, era o jeito deles. Mas nos classificamos, o objetivo é sempre passar”, disse à TV Globo.

O goleiro, que também é capitão da equipe, revelou que o time ficou abatido no intervalo, quando perdia por 3 a 0 e era completamente dominado pelos bolivianos.

“Os ânimos não eram bons no vestiário, mas tentamos acordar. Fizemos um segundo tempo muito melhor, com mais atenção na bola parada”, disse.

Experiente, Martín Silva lembrou que o elenco do Vasco é jovem:

“Temos muito jogadores novos, muitos jogando pela primeira vez na Libertadores. Faz parte da experiência”.

O Cruzmaltino inicia sua caminhada na fase de grupos da competição dia 13 de março, em São Januário, contra os chilenos da La U. Em seguida enfrenta Cruzeiro (fora), dia 4/4; Racing (fora), dia 19/4; Racing (casa), dia 26/4; Cruzeiro (casa), dia 2/5; e Universidad de Chile (fora), dia 22/5.

Futebol