PUBLICIDADE
Topo

Libertadores - 2019

Corinthians ainda não tem plano para devolução de ingressos e pede paciência ao torcedor

Torcida terá que esperar para ter dinheiro de ingressos da Libertadores de volta - Leonardo Soares/UOL
Torcida terá que esperar para ter dinheiro de ingressos da Libertadores de volta Imagem: Leonardo Soares/UOL

Mauricio Duarte

Do UOL, em São Paulo

26/02/2013 15h08

O Corinthians ainda estuda como lidar com a devolução do dinheiro dos ingressos vendidos para os jogos da Libertadores. Como a carga já adquirida é muito alta (cerca de 28 mil ingressos para cada jogo em casa na primeira fase), o clube ainda está montando uma logística correspondente e pede paciência aos torcedores, já que o processo deve ser demorado. Nesta quarta, o time enfrenta o Millonarios, no Pacaembu, com portões fechados.
 
Lucio Blanco, diretor de arrecadação do clube, disse ao UOL Esporte que o torcedor pode escolher entre receber o dinheiro de volta ou reverter a quantia para sua conta no programa de sócio-torcedor, para que o associado use da forma como bem entender, inclusive para alguma outra partida.
“O Corinthians já pratica esse tipo de coisa porque já houve jogos com mudança de data. O nosso torcedor tem um canal de comunicação conosco, através do site. Além disso, mandamos e-mail a todos os interessados, indicando os procedimentos. O nosso problema é que esse volume vai ser bem acima do normal, em comparação a um jogo que mudou a data ou outra coisa. Estamos nos preparando”, diz Blanco. 
 
No ano passado, o Corinthians arrecadou cerca de R$ 2 milhões por partida na Libertadores. Como foi até o fim do torneio, a receita vinda das arquibancadas das partidas realizadas em São Paulo foi de aproximadamente R$ 14 milhões. Somente na primeira fase, o time ganhou R$ 6 milhões.
 
Para Lucio, no entanto, esse é o menor dos problemas no momento, em face da mega-operação que precisa ser montada para devolver o dinheiro dos ingressos. “De verdade, nem estamos tratando desse assunto agora. Temos toda uma logística administrativa, que não é pequena, para resolver. Estamos pensando em como atender o torcedor da melhor maneira possível”, afirmou.
 
O Corinthians foi punido na quinta passada em caráter liminar depois do jovem Kevin Beltrán, de 14 anos, ter sido morto por um sinalizador de navio. O artefato foi disparado por torcedores alvinegros presentes no estádio Jesus Bermúdez, em Oruro, onde o clube brasileiro empatou por 1 a 1 com o San José pela primeira rodada do grupo 5 da Libertadores.
 
Somente para a partida contra o Millonarios, da Colômbia, nesta quarta, o clube já havia comercializado 28.500 ingressos. O clube ainda jogará com o Pacaembu vazio nos confrontos com Tijuana, do México, e o próprio San José. Além disso, o time não receberá mais carga de ingresso para os jogos em que for visitante.