PUBLICIDADE
Topo

Libertadores - 2019

Globo quer antecipar jogo do Santos na Bolívia e irrita Muricy: "Dá um tempo, perde uma"

Muricy Ramalho está preocupado com o excesso de jogos do Santos nesta temporada - Ricardo Saibun / Santos FC
Muricy Ramalho está preocupado com o excesso de jogos do Santos nesta temporada Imagem: Ricardo Saibun / Santos FC

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

20/04/2012 06h00

Após terminar a fase de grupos da Copa Libertadores da América na primeira colocação de sua chave, o Santos enfrentará o Bolívar, em La Paz, pelas oitavas de final da competição. O técnico Muricy Ramalho ficou satisfeito com a classificação, no entanto, não quer atuar o jogo de ida já na próxima semana, na altitude boliviana.

O treinador ficou na bronca com a Globo, emissora que transmite os jogos em TV aberta no Brasil, e pediu para não ter a partida do Santos no meio da semana que vem. Isso porque, a fase de oitavas de final, que inicialmente estava programada para começar na primeira semana de maio, pode ser adiantada pela TV que detém os direitos de transmissão da competição sul-americana.

"Vou fazer um pedido para a televisão para não ter esse jogo semana que vem. Era bom todos os times, não só o Santos, a gente ter um tempinho para preparar o time para a próxima fase. Peço para a televisão colaborar uma, perde uma. Já ganha todas, né? A gente precisa da televisão, tem aquele negócio de pagar e tal, mas dá um tempo, meu", reclamou o treinador.

A ideia do canal de televisão é garantir três semanas de transmissão com clubes paulistas, já que o jogo do Santos seria transmitido no próximo meio de semana, e o Corinthians ficaria com a transmissão das duas semanas seguintes.

Muricy não aprovou a estratégia da TV devido à maratona de jogos que o Santos enfrenta na temporada. No próximo domingo, a equipe santista joga contra o Mogi Mirim pelas quartas de final do Campeonato Paulista, na Vila Belmiro. Sendo assim, o treinador não poderá poupar o time titular, e ainda teria que viajar para a Bolívia no dia seguinte.

“Bolívar é La Paz. Difícil de jogar, ainda tem a logística, difícil respirar, o Maradona acha que lá é ótimo jogar futebol. Voltou a jogar bem o Bolívar, tem bom técnico, bons jogadores, é o melhor do país”, disse Muricy.

Como a intenção é chegar a todas decisões, caso a televisão consiga antecipar o jogo do Santos, a equipe santista terá só mata-matas pela frente – pelo Paulistão e pela Libertadores.