PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Com foco na Sul-Americana, Flu usará reservas contra Santos no BR

Flu poupará time, e Kayke deve ter chance entre os titulares contra o Santos - Mailson Santana/Fluminense
Flu poupará time, e Kayke deve ter chance entre os titulares contra o Santos Imagem: Mailson Santana/Fluminense

Do UOL, no Rio de Janeiro

25/10/2018 11h00

Com 40 pontos, o Fluminense quase não tem mais qualquer risco de ser rebaixado para a Serie B. E justamente por isso o Tricolor já decidiu que utilizará o time reserva contra o Santos na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, no sábado. A medida foi definida e divulgada após o empate com o Nacional-URU, na última quarta-feira, no Nilton Santos.

A justificativa é simples. O treinador quer os principais jogadores descansados para a decisão com os uruguaios na próxima quarta-feira, em Montevidéu. Por mais que seja apenas um jogo isso é uma amostra do que poderá ocorrer até o fim do Brasileiro caso o Fluminense siga avançando na Sul-Americana.

Não há dúvida para o Fluminense que a competição internacional é prioridade para o clube. Evidentemente que isso poderá mudar caso o Tricolor não ratifique a facilidade esperada para se livrar matematicamente da zona de rebaixamento. No cenário atual, porém, a decisão já foi tomada.

"O pensamento é esse. Não deveria ser assim, mas o calendário impõe essa condição. Vamos jogar sábado, quarta e depois um clássico sábado. Vamos jogar com time alternativo”, disse Marcelo Oliveira.

Isso não quer dizer, no entanto, que o Fluminense não dará a devida atenção ao Campeonato Brasileiro. Perguntado sobre o jogo da volta contra o Nacional, o treinador disse que sua cabeça estava na preparação para encarar o Santos.

“Temos que começar a trabalhar primeiro para o jogo contra o Santos, e posteriormente, analisar bem esse jogo de volta contra o Nacional. Já havíamos enviado um membro da comissão técnica para assistir jogo do Nacional in loco. Mas agora é foco no Santos", explicou o treinador.

O resultado foi ruim para o Fluminense. O Tricolor terá que que se desdobrar para chegar às semifinais já que só avança em caso de empate com dois ou mais gols ou qualquer triunfo. Se o 1 a 1 se repetir a vaga será definida nos pênaltis. A partida de volta será no dia 31, em Montevidéu.

Futebol