PUBLICIDADE
Topo

Xodó, Larissa inspirou São Paulo e ganhou até medalha em festa do título

Bruno Grossi e Karla Torralba

Do UOL, em São Paulo

25/01/2019 20h31

Se você acompanhou o título do São Paulo na Copinha deve ter notado a presença especial de uma criança no colo de Antony durante a comemoração. Ela é Larissa, tem seis anos, é são-paulina roxa e virou xodó do time campeão ao inspirar o time com sua história.  

Larissa luta contra um tipo de câncer raro, mas nesta sexta (25) foi mais torcedora que nunca com direito a noite mal dormida, pedido de joelhos para poder entrar no gramado e comemorar junto aos amigos do time e até medalha de presente. 

A menina é de São Carlos, interior do estado, e visitou o São Paulo no meio da semana, quando posou para foto com jogadores do elenco principal como Hernanes. No encontro, os amigos famosos rasparam o cabelo da torcedora e sua história fez com que os atletas da Copinha decidissem homenageá-la entrando em campo com o visual igual ao de Larissa

A garota virou inspiração também para quem passou pela dor de perder um parente vítima de câncer. A irmã do zagueiro Morato não resistiu à leucemia e faleceu em agosto de 2018. Hoje foi a menininha de 6 anos quem cortou o cabelo do jogador. 

Larissa 2 - Divulgação/São Paulo - Divulgação/São Paulo
Larissa com os jogadores antes do jogo contra o Vasco
Imagem: Divulgação/São Paulo
O dia do título 

O dia de Larissa, que carrega uma história que emociona a todos que a conhecem, foi agitado com a conquista tricolor. A menina de 6 anos não conseguiu dormir de tanta ansiedade para a grande final. 

Quando chegou ao estádio do Pacaembu para o grande dia, foi abordada por conselheiros e diretores do clube, que pararam para cumprimentá-la. O look especial estava pronto. Larissa entrou no gramado para o hino de uniforme e brinco com o escudo do time do coração. 

Ela acompanhou a partida até o final e depois de o título ser confirmado, quis comemorar entre os amigos. Tentou entrar no gramado e ficou de joelhos para que o fiscal permitisse a sua entrada. Após o "sim", comemorou no colo de Antony. 

Larissa e medalha - Bruno Grossi/UOL - Bruno Grossi/UOL
Larissa com a medalha de campeã da Copinha
Imagem: Bruno Grossi/UOL
Larissa "foi campeã"

Toque na taça, foto de campeã e não poderia faltar o principal. Larissa também ganhou medalha, presente do presidente Leco, e foi citada pelo elenco. 

"Ser campeão era a melhor coisa que poderia acontecer. É um gol que vai ficar marcado para o resto da minha vida. Passei muitas coisas e agradeço a Deus. Dedico à minha mãe, minha namorada e para a Larissa, que fizemos essa linda homenagem para ela", disse o jogador na comemoração. 

"Larissa é fã do São Paulo e minha e do Antony. Ela está em situação difícil e o Antony fez a brincadeira de raspar. O sorriso dela, isso é que vale, a carinha de felicidade dela", comentou Diego ao SporTV após o título. 

A guerreira do São Paulo

A menina luta contra um câncer raro nas vias ópticas no Instituto de Tratamento de Câncer Infantil, em São Paulo e há um ano faz tratamento no local.  

Ela perdeu a visão esquerda por causa da doença, mas sempre vai aos jogos no Morumbi e ficou conhecida entre os atletas na temporada passada. A menina sempre está acompanhada da mãe Samantha e tem mais duas irmãs mais velhas. 

Em seu Instagram, Hernanes se emocionou com a história da pequena. "Ela diz para todos que é forte como o São Paulo e Guerreira. Vai fazer o tratamento com camisa do São Paulo, luvas de goleiros... Quando começou a perder a visão, que ainda existe, mas é baixa, foi logo para a aula de braille, para continuar lendo", escreveu o jogador. 

A mãe de Larissa falou ao Instituto sobre a menina e o amor pelo São Paulo em entrevista em 2018. "Expliquei que ela tinha uma espécie de massinha na cabeça e que aquilo precisava ser retirado. Ela só falou ao médico que gostaria que a massinha fosse vermelha por ser são-paulina", contou a mãe Samantha Alves Martins Piloto na ocasião.
 

Futebol