PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Acha que os grandes estão caindo cedo na Copinha? Não é bem assim

Grêmio é um dos classificados às quartas da Copinha; time enfrentará o Corinthians - Guilherme Rodrigues/GR Press
Grêmio é um dos classificados às quartas da Copinha; time enfrentará o Corinthians Imagem: Guilherme Rodrigues/GR Press

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

18/01/2019 14h26

A Copa São Paulo chegou às fases agudas nos últimos dias. Embora equipes de peso, como Flamengo, Santos e Palmeiras, já tenham dado adeus à competição em duelos contra times de menor expressão, o número de times grandes na reta final do torneio é o maior dos últimos anos. 

Quatro equipes consideradas grandes ainda lutam pelo título: Corinthians, Grêmio, São Paulo e Vasco. Eles têm a companhia de times que surpreenderam. São eles: Guarani, que eliminou Botafogo e Inter; e o Volta Redonda, responsável pela queda do Atlético-MG. O Fluminense, por sua vez, foi derrotado pelo Audax na terceira fase. Já o Figueirense, que perdeu no Guarani na última quinta-feira, derrubou Palmeiras e Flamengo. O Cruzeiro também foi derrotado na quinta, pelo São Paulo, nos pênaltis.

Na comparação com as edições desta década, a Copinha 2019 só fica atrás da disputada há cinco anos. Naquela ocasião, seis grandes disputaram vagas na semifinal. Há casos, por exemplo, em que apenas três equipes de expressão disputaram as quartas de final - o fato aconteceu em 2011 e 2012.

Apesar disso, há alguns casos emblemáticos na atual edição. Campeão brasileiro sub-20 e da Copa RS, o Palmeiras deu adeus à Copinha nas oitavas de final, depois de perder para o Figueirense. Na fase anterior, a equipe catarinense ainda eliminou o Flamengo, que defendia o título da competição.

O Inter, por sua vez, despediu-se da Copinha de forma melancólica, com goleada por 5 a 0 diante do Guarani, que despachou ainda o Botafogo nas oitavas. A maior decepção, entretanto, tem o Santos no papel de protagonista. Celeiro de craques, a equipe sequer passou da primeira fase.

Mas por que essas eliminações aconteceram?

Flamengo - Samuel Oliveira / Flamengo.com.br - Samuel Oliveira / Flamengo.com.br
Atual campeão, Flamengo foi eliminado pelo Figueirense, que também bateu o Palmeiras
Imagem: Samuel Oliveira / Flamengo.com.br

O Palmeiras, que teve um ano espetacular em 2018, foi afetado pela convocação da seleção Brasileira, que disputará o Sul-Americano sub-20. O técnico Carlos Amadeu convocou seis jogadores alviverdes, todos com papel de destaque na equipe: o zagueiro Vitão, o lateral Luan Cândido, os volantes Gabriel Furtado e Gabriel Menino, o meia Alan e o atacante Papagaio.

O grupo palmeirense está em preparação com a seleção brasileira desde 17 de dezembro, um dia depois de o Palmeiras bater o São Paulo nos pênaltis na final da Copa RS.

Já Santos e Flamengo, campeões da Copinha nas edições 2014 e 2018, respectivamente, também enfrentaram problemas. O time paulista "perdeu" atletas para o time profissional, como os atacantes Rodrygo, Yuri Alberto e Kaio Jorge. O zagueiro Kaique Rocha também foi desfalque por causa disso.

O Santos ainda vem de três anos de resultados ruins nas competições sub-20. Na Copa RS, o time foi o último colocado do seu grupo. A campanha ruim contribuiu até para a demissão do técnico Leandro Mehlich, flagrado em áudio "vazado" no WhatsApp.

No Flamengo, que não era apontado como um dos favoritos, mesmo com alguns remanescentes da campanha vitoriosa de 2018. Nos bastidores, há ainda o entendimento que a maratona de jogos atrapalhou os planos. Vale ressaltar que a equipe sequer passou da primeira fase na Copa RS e ainda levou 6 a 1 do Vitória na partida de ida das semifinais do Brasileirão, em setembro.

Em relação ao Inter, alguns fatores contribuíram para o fracasso. Os três principais jogadores da base não tinham idade para Copinha: os atacante Bruno José e Netto, além do meia José Aldo. A própria estratégia na partida contra o Guarani foi colocada em xeque pela diretoria, tanto que o técnico Ricardo Grosso foi demitido após a eliminação

A avaliação interna é que a base precisa rever a quantidade de jogadores, a qualidade da formação, por isso, o gerente de futebol Marcos Biasotto foi redirecionado para gerência da base e o gerente da base, Diego Cabrera, virou coordenador técnico.

Número de times grandes nas oitavas e quartas

Corinthians - EDUARDO CARMIM/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO - EDUARDO CARMIM/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO
Corinthians garantiu vaga nas quartas de final ao golear o Visão Celeste por 8 a 0
Imagem: EDUARDO CARMIM/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO

2019
Oitavas: 8 
Quartas: 5

2018
Oitavas: 8
Quartas: 5

2017
Oitavas: 5
Quartas: 3

2016
Oitavas: 6
Quartas: 4


2015
Oitavas: 8
Quartas: 5

Santos - Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC - Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC
Campeão em 2014, Santos sequer passou da fase de grupos na edição atual da Copinha
Imagem: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC


2014
Oitavas: 7
Quartas: 6


2013
Oitavas: 6
Quartas: 5


2012
Oitavas: 7
Quartas: 3


2011
Oitavas: 5
Quartas: 3

Futebol