PUBLICIDADE
Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Corinthians

Na fé do Corinthianismo: time evita vexame em 1º jogo de sua nova religião

Arthur Sandes e Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo

21/02/2019 04h00

A estreia do "Corinthianismo" não poderia ter mais a cara do clube alvinegro. Dias após a fé alvinegra ser oficializada como religião, ontem o Alvinegro buscou virada sofrida demais sobre o Avenida-RS e venceu por 4 a 2 para avançar na Copa do Brasil. Resultado suado, chorado, nos minutos finais, exatamente do jeito que o torcedor se acostumou a sofrer pelo Corinthians.

Abaixo, o UOL Esporte resolveu entrar no espírito da nova religião e separou vários dos mandamentos do Corinthianismo para contar o que de mais importante aconteceu no triunfo na segunda fase da Copa do Brasil. Teve apoio das arquibancadas, entrega em campo e muita movimentação nas redes sociais: primeiro com as piadas dos rivais, mas no final tudo terminou em comemoração alvinegra. 

"Sofredor hoje. Sofredor amanhã. Sofredor para sempre. Graças a Deus"

A torcida cobra sempre que pode: "tem que jogar com raça e com o coração". O Corinthians, ontem, correspondeu. Mesmo após dois vacilos defensivos, deu tudo em campo e correu atrás do placar, justamente o que se cobra de qualquer time corintiano. 

O meia Pedrinho afirmou que o time chegou a brincar após a partida que o jogo foi típico dos novos mandamentos do Corinthianismo:

"Para jogar no Corinthians tem que saber sofrer. Em momento algum pode desistir, independentemente do resultado. O Corinthians é isso: garra, raça. Vamos buscar o resultado sempre, seja qual for a circunstância"
 

"Nada é mais importante do que o jogo do Corinthians"

O jogo de ontem concentrou quase todas as atenções nas redes sociais. Não à toa o Avenida chegou a ser o assunto mais comentado do Twitter no mundo inteiro, com quase 100 mil menções. Os comentários tiveram muitos trocadilhos e memes, é claro, mas o clube gaúcho levou a partida muito à sério e celebrou sua atuação mesmo com a eliminação.

Em ocasiões grandiosas, referências grandiosas. A Federação Gaúcha de Futebol ficou tão orgulhosa do aguerrido Avenida que citou até o ex-presidente norte-americano Theodore Roosevelt para exaltar o (quase) feito histórico na Arena Corinthians.

"Nossas glórias mil são contra tudo e contra todos"

Não faltaram piadinhas e memes nas redes sociais enquanto o Corinthians estava atrás no placar. Até o apresentador Tiago Maranhão, do canal SporTV, entrou na onda para lembrar que a bola aérea segue sendo um pesadelo no Corinthians: o primeiro gol do Avenida foi o 9º sofrido após cruzamentos nesta temporada.

No fim das contas, porém, foram os corintianos quem comandaram as piadas nas redes sociais com o resultado suado em Itaquera:

"O bando grita mais forte quando o Timão está perdendo"

Talvez este tenha sido o mandamento mais verdadeiro no jogo de ontem. A torcida alvinegra não parou mesmo nos momentos que se seguiram ao segundo gol sofrido, pelo contrário: aumentou o som. O público na Arena Corinthians foi pequeno, de apenas 21 mil pessoas, mas quem compareceu mostrou a que veio.

O técnico Fabio Carille fez questão de exaltar isso após a partida:

"Quero destacar o papel da torcida, que não vaiou em nenhum momento. A gente já sabe que é assim, e eu estou vendo os mais novos entenderem também o que é o Corinthians. [A torcida] É de cobrança, mas sabe a hora de cobrar. Nos 90 minutos ela procura incentivar"

Danilo Avelar - Marcello Zambrana/AGIF - Marcello Zambrana/AGIF
Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

"Amar o Corinthians acima de qualquer resultado, partida e jogador"

O Corinthians não depende de ídolos e até "brigou" com muitos deles em sua história. O fato mais emblemático é o de Rivellino na década de 70. E ontem ficou provado que, quando os ídolos não funcionam, a torcida apoia até os renegados. Sem deixar o estádio mesmo com o placar adverso, os torcedores viram Henrique, que havia falhado em um dos gols do Avenida, e Danilo Avelar, marcarem gols que ajudaram o Timão a escapar do vexame. 

Até o nosso blogueiro Bolívia, brincou com a situação após os gols da dupla que ajudou o Corinthians a sair com a vitória:

"Vai, Corinthians!"

A classificação heroica empolga o Corinthians para os próximos jogos da temporada. Domingo, diante do Botafogo, pela oitava rodada do Campeonato Paulista, Fábio Carille poderá contar com o reforço de Sergio Díaz, inscrito ontem na competição. O paraguaio foi uma das armas de Carille em busca da virada contra o Avenida no segundo tempo. Em contrapartida, Jadson segue de fora pois realiza fortalecimento muscular por conta de dores no joelho, além de Gabriel, que passou por cirurgia no tendão adutor da perna direita, e Renê Júnior, em fase final de recuperação de cirurgia no joelho.

Qual a vitória mais marcante do Corinthians até agora em 2019?

Resultado parcial

Total de 1859 votos
41,15%
Daniel Vorley/AGIF
5,00%
Alan Morici/AGIF
53,85%
Marcello Zambrana/AGIF
Total de 1859 votos

Corinthians