PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Em jogo com nove gols só no 2º tempo, Atlético-PR supera Tubarão e avança

ANDRÉ FABIANO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO
Imagem: ANDRÉ FABIANO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

21/02/2018 21h35

O Atlético-PR está na terceira fase da Copa do Brasil, mas a classificação custou muito ao time, que precisou vencer o Tubarão por 5 a 4 na noite desta quarta-feira (21), na Arena da Baixada. O adversário do Furacão será o Ceará, que bateu o Londrina por 2 a 1.

Os nove gols foram feitos no segundo tempo. Isso mesmo: a partida foi para o intervalo com placar zerado. Bergson entrou para substituir Ribamar e abriu o placar logo aos seis, após passe de Rossetto. No entanto, o Tubarão empatou (pela primeira vez) aos 10 com Matheus Barbosa.

Batista chegou a virar o jogo aos 18 com um toque de cabeça, mas Matheus Rossetto voltou a aparecer aos 24 e selou o novo empate – não perca a conta: naquele momento, o placar ainda estava 2 a 2.

A Arena da Baixada explodiu de vez aos 29, quando Guilherme tentou um voleio e foi derrubado pelo xará Guilherme Amorim. O próprio atacante executou a cobrança do pênalti e, com paradinha, deu a vantagem ao Furacão.

Mas ainda faltava a entrada de Lucas Costa; o zagueiro substituiu Petterson aos 32 e, em seu primeiro toque na bola, cabeceou para o fundo da rede. Pouco depois, aos 39, Daniel Costa virou o jogo e colocou o Tubarão na frente mais uma vez.

Só que a estrela dos minutos finais pertencia ao Atlético-PR. Com sua torcida como trunfo, a equipe de Fernando Diniz empatou com Thiago Heleno, aos 45, e fez o gol derradeiro aos 47 com Felipe Gedoz – um golaço, por sinal.

Futebol