PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Garotos da base terão chance e sonham com centenário do Palmeiras

Mauricio Duarte

Do UOL, em São Paulo

29/11/2013 12h30

Ao contrário do que aconteceu na campanha do título da Série B do Campeonato Brasileiro de 2003, neste ano jogadores vindos das categorias de base não foram muito utilizados. Neste sábado, no entanto, três pratas da casa alviverde terão chance contra a Chapecoense, pela última rodada da competição. Bruno Oliveira, Renatinho e Thiago Martins devem ser escalados por Gilson Kleina.

O volante Renatinho acredita que é preciso agarrar a oportunidade. “Desde que eu cheguei ao Palmeiras, o meu objetivo era chegar ao profissional. Agora, estou aqui. A gente que vem da base está esperando a oportunidade para jogar. Espero poder jogar, me firmar na equipe e atuar no ano do centenário, que é o melhor ano da história do Palmeiras”, disse.

Renatinho, inclusive, é comparado a Marcos Assunção, volante ídolo da torcida. “Ele é de Caieiras também, e eu sempre acompanhei a carreira dele, é um ídolo para mim. Eu estava em um clube em que as coisas não estavam bem, ele perguntou se eu estava jogando e disse que conseguiria uma avaliação no Palmeiras B. Vi a estrutura do clube, é o sonho de todo jogador. Passei no teste, e aí o pessoal começou a me chamar assim porque sabe que ele me trouxe”, comenta.

O lateral direito Bruno Oliveira já vestiu a camisa em duas partidas com o time profissional. Sabendo que é uma posição carente no clube, espera achar seu espaço. “A gente sempre procura jogar bem, até pela falta de laterais no mercado. Os clubes correm atrás de novos laterais, mas é difícil. Eu busco trabalhar forte para eu me manter sempre empregado”, explicou.

O Palmeiras entra em campo pela última vez neste ano no próximo sábado, em Chapecó, contra a Chapecoense. O time garantiu o acesso à Série A e o título da segunda divisão nacional com antecedência, e agora apenas cumpre tabela.

Futebol