PUBLICIDADE
Topo

Série B - 2019

Com inveja dos rivais, palmeirense diz sentir saudade dos clássicos

Vitor Pajaro

Do UOL, em São Paulo

31/10/2013 11h00

Enquanto o Palmeiras viajou - e ainda viaja - o Brasil inteiro para voltar à elite do futebol brasileiro, os seus maiores rivais inauguram e jogam em bonitas arenas. Em 2013, ano que antecede a Copa do Mundo no Brasil, a trajetória do clube alviverde foi assim, mas, agora, com a volta ao Brasileirão confirmada, os jogadores já planejam desfrutar dos novos estádios. A revelação foi feita pelo volante Márcio Araújo. 

"A gente até brinca no vestiário. Todo mundo jogando nos estádios novinhos, gramados novinhos e a gente aqui, correndo o Brasil", disse, com um tom de inveja, o jogador na última terça-feira.

Apesar de confirmar o retorno à elite com seis rodadas de antecedência, o Palmeiras não teve vida fácil, principalmente, com os gramados e estádios dos clubes que disputam a Série B. Contra o ABC, por exemplo, por pouco não houve uma tragédia com a superlotação do Frasqueirão, em Natal. 

As dificuldades só não foram maiores do que a saudade de disputar um clássico. Em 2013, o Palmeiras teve pela frente seus rivais apenas no Campeonato Paulista e não perdeu para nenhum deles. Aliás, também não venceu. Foram quatro jogos e quatro empates, sendo o último em abril, pela semifinal do Paulistão, contra o Santos. A eliminação veio somente nos pênaltis. 

"Faz falta disputar clássico, disputar uma Série A. Agora não vamos mais sonhar com isso, vai ser um ano bom", disse o volante. "Cair com um clube grande é muito ruim, espero nunca mais sofrer com isso", completou.

O Palmeiras lidera a Série B com 69 pontos, nove a mais que a Chapecoense, vice-líder. O time volta a campo neste sábado contra o Paraná, às 16h20, na Vila Capanema.