PUBLICIDADE
Topo

Série B - 2019

Palmeirenses discutem em treino e Kleina precisa intervir

Wesley (foto) discutiu com Felipe Menezes em treino do Palmeiras - Junior Lago/UOL
Wesley (foto) discutiu com Felipe Menezes em treino do Palmeiras Imagem: Junior Lago/UOL

Mauricio Duarte

Do UOL, em São Paulo

03/10/2013 12h08

O volante Wesley e o meia Felipe Menezes discutiram durante o treino do Palmeiras na manhã desta quinta-feira e precisaram ser separados pelo treinador Gilson Kleina. O entrevero ocorreu porque um não passou a bola para o outro em um rachão realizado na Academia de Futebol.

“Foi uma discussão de treino, todos querem ganhar. Esse é o perfil do jogador. Tem momentos de discussão e tem que parar por aí. Se desenvolver mais não leva a nada. Tirei para esfriar a cabeça. São meninos do bem que alegram o grupo. Não queremos que passe disso. Foi um fato de treino”, afirmou o comandante.

Para que os jogadores parassem de discutir, Kleina colocou ambos de “castigo”. Eles foram tirados da atividade para que se acalmasse. Depois, voltaram ao treino com o restante do grupo.  “Eles não paravam de discutir. Coisa normal de treino. Mas você tira, e aí eles param”, explicou o treinador.

Depois que saíram da atividade, os outros atletas continuaram treinando normalmente. Curiosamente, não é a primeira vez que esses mesmos jogadores discutem. Durante a partida contra a Chapecoense, na última rodada do primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro, eles discutiram pelo mesmo motivo.

Em julho, durante um treino, Wesley também discutiu com Ronny por conta de uma entrada mais ríspida. Assim como aconteceu nesta quinta, os ânimos foram rapidamente controlados.