PUBLICIDADE
Topo

Série B - 2019

Kleina lamenta perda de padrão com acúmulo de desfalques no Palmeiras

Gilson Kleina cumprimenta a torcida após vitória do Palmeiras  - Reinaldo Canato/UOL
Gilson Kleina cumprimenta a torcida após vitória do Palmeiras Imagem: Reinaldo Canato/UOL

Mauricio Duarte

Do UOL, em São Paulo

03/10/2013 12h44

O treinador Gilson Kleina pode ter quase meio time de desfalques na partida contra o ABC, neste sábado. O comandante alviverde afirmou que não é possível manter a mesma forma de jogar com tantas ausências. “Quando você tem uma mudança muito grande, você perde um pouco de padrão. Não é que perde qualidade, mas perde o ritmo”, explicou.

Henrique, Valdivia e Leandro estão suspensos. Luis Felipe e Vinicius, lesionados. E Alan Kardec aguarda julgamento no STJD para saber se poderá ou não entrar em campo. Portanto, Kleina não quis adiantar nada sobre qual equipe colocará em campo em Natal. O treinador espera que seja aplicada a pena mínima. Desta maneira, como já cumpriu a suspensão automática, estaria liberado.

“Nesse momento vamos usar mais do que nunca o elenco. Podemos manter essa sustentabilidade com três volantes. Lembrando que os volantes do Palmeiras sabem sair para o jogo. Qualquer formação vai ser forte. Vamos pegar uma temperatura alta e uma equipe empolgada, que ganhou fora”, analisou.

Além desses jogadores, o Palmeiras também tem os desfalques do zagueiro Tiago Alves e do goleiro Bruno, que já estão lesionados há mais tempo e seguem em tratamento. Para o técnico do time do Palestra Itália, esta reta final da Série B do Campeonato Brasileiro é o momento de mostrar superação.

“Toda ausência é sentida. Ainda mais os jogadores que estão saindo. A gente perde características de velocidade e drible com Leandro e Vinicius. Você perde o Valdivia, mas tem o Mendieta no setor de criação. A escalação passa muito pelo julgamento do Alan”, disse.