PUBLICIDADE
Topo

Série B - 2019

Palmeiras encontra o Paysandu e "divide" o coração de Gilson Kleina

Técnico Gilson Kleina, hoje no Palmeiras, passou pelo Paysandu no início da carreira - Robson Ventura/Folhapress
Técnico Gilson Kleina, hoje no Palmeiras, passou pelo Paysandu no início da carreira Imagem: Robson Ventura/Folhapress

Mauricio Duarte

Do UOL, em São Paulo

17/08/2013 06h00

O Palmeiras recebe o Paysandu neste sábado às 16h20 (de Brasília), no Pacaembu, pela 16ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. A partida marca o encontro de Gilson Kleina com o clube que dirigiu há oito anos e o despontou como treinador para todo o país. Hoje no comando do time paulista, ele relembrou o aprendizado.

“Irei para 10 anos de carreira e tenho muito a aprender ainda, imagina há oito anos. Naquela época, eram jogadores que hoje são realidade, fez um elenco, mas problemas externos afetaram aquele grupo. Agora, estou com muito mais experiência. Sempre fui grato aos clubes pelos quais passei e o Paysandu não foge disso. Mas não é Gilson Kleina e Paysandu, é Palmeiras e Paysandu. Sabemos que será difícil, mas buscaremos a vitória”, comentou.

Mesmo tendo em vista a estreia na Copa do Brasil, na próxima quarta-feira, o treinador Gilson Kleina optou por escalar a força máxima contra o Paysandu. A única dúvida é em torno de Leandro. O atacante deixou o treino desta sexta-feira com dores lombares e não teve presença confirmada na partida. Em seu lugar, pode entrar Serginho. O meia Valdivia, lesionado, também é desfalque.

“Este jogo contra o Paysandu é muito importante, não existe jogo fácil, temos de manter a seriedade e a atitude. Nenhum time que jogar contra o Palmeiras virá relaxado, sabemos da motivação dos outros times para jogar contra o Palmeiras. Temos de neutralizar os pontos fortes do Paysandu. Temos de ter respeito com todos, bloqueando os pontos fortes deles, assim como todas as equipes. Teremos de ter atitude, iniciativa e procurar o gol”, explicou.

Tentando escapar da zona de rebaixamento, o Paysandu terá a volta do zagueiro Fábio Sanches, liberado pelo departamento médico. O defensor estava em tratamento devido a dores na coxa direita, mas já está à disposição do técnico Arturzinho, que fará seu quarto jogo no cargo. A equipe ainda não venceu como visitante no torneio.

“É complicada essa nossa situação de não conseguirmos nenhum ponto fora de casa, mas não adianta desanimar. Nesta noite tivemos uma boa posse de bola, chances de gol, mas não conseguimos marcar”, analisou o goleiro Marcelo.

Com 37 pontos, o Palmeiras é líder isolado da competição e vive um momento de tranquilidade. O Paysandu, por sua vez, passa por uma situação bastante delicada. Com apenas 15 pontos conquistados, o time ocupa a 18ª posição na tabela e luta para fugir da zona de rebaixamento. 

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS X PAYSANDU
Local:
Estádio do Pacaembu
Data/Hora: 17/8/2013, às 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)
Auxiliares: Luiz Antonio Muniz de Oliveira (RJ) e Edina Alves Batista (PR)

PALMEIRAS: Prass; Luis Felipe, Vilson, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Charles, Wesley e Mendieta; Leandro (Serginho) e Alan Kardec. Técnico: Gilson Kleina

PAYSANDU: Marcelo; Djalma, Diego Bispo, Fabio Sanches e Pablo; Vanderson, Esdras, Diego Barboza e Eduardo Ramos; Heliton e Marcelo Nicácio Técnico: Arturzinho