PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Fla e Grêmio se encontram com sonho de consumo em comum: Renato Gaúcho

Renato Gaúcho a serviço do Grêmio; técnico é o desejo do Tricolor e do Flamengo - Lucas Uebel/Grêmio
Renato Gaúcho a serviço do Grêmio; técnico é o desejo do Tricolor e do Flamengo Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

Jeremias Wernek e Vinicius Castro

Do UOL, em Porto Alegre e no Rio de Janeiro

21/11/2018 04h00

Flamengo e Grêmio se enfrentam nesta quarta-feira (21), às 21h45 (de Brasília), no Maracanã. O confronto é um dos mais aguardados pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, mas nem mesmo a importância do jogo mexe tanto com os clubes quanto o sonho de consumo de ambos: o técnico Renato Gaúcho.

É inegável que mesmo com objetivos no Brasileiro, Rubro-negro e Tricolor já projetam a próxima temporada. Para isso, enxergam no atual comandante gremista o nome ideal para conduzir os respectivos sonhos.

O Flamengo, claro, aposta no longo flerte e no poderio econômico para convencê-lo. Há, no entanto, obstáculo pela frente. O clube passa por eleições presidenciais no dia 8 de dezembro. Renato agrada situação e oposição, mas qualquer negociação não poderá ser consumada antes disso.

Ou seja, quanto mais tempo ele demora para tratar a questão contratual com o Grêmio, mais otimistas ficam os integrantes da política rubro-negra - do governo ou de fora dele. Caso as conversas com Renato não resultem novamente em final feliz, Abel Braga deve comandar o Rubro-negro em 2019. Dorival Júnior já é considerado carta fora do baralho.

O Grêmio continua aguardando a resposta de Renato. No início do mês, o clube abriu as conversas para renovar contrato e já apresentou proposta com aumento salarial e luvas. O treinador confirmou o recebimento da oferta e disse que a resposta não deve demorar. A cúpula gremista, inclusive, espera um sinal de evolução até o encerramento da semana.

A oferta prevê salto no valor mensal que Renato receberá, mas com reajuste pequeno no salário. A quantia se eleva pelas luvas e com gatilhos de produtividade, baseados nos títulos obtidos. Como já ocorreu nas outras duas renovações, o vínculo não tem multa rescisória prevista.

Na Arena, a maioria dos dirigentes aposta na permanência de Renato pelo ambiente e boa relação no dia a dia. Contudo, existe ala mais cética que enxerga ligação forte com a situação política do Flamengo, o assédio antigo do clube carioca e o velho sonho do próprio treinador.

"É um sonho antigo treinar o Flamengo, mas não significa que vou treinar o Flamengo. Eu estou feliz aqui. Vou conversar com o Grêmio até o último instante e se por acaso não acontecer um acordo, vou seguir minha vida", disse Renato, no último dia 11.

Os dirigentes céticos e os otimistas concordam em um aspecto: a definição não deverá se estender por muito tempo após a última rodada do Campeonato Brasileiro. Pela projeção do Grêmio, Renato Gaúcho deve dar uma resposta definitiva ainda na primeira quinzena de dezembro, quando também se definirá o futuro político do Flamengo. Um cenário que aponta para mais uma disputa entre os clubes pelo nome de consenso.

Nos últimos dias, Renato tem evitado tratar do assunto nos corredores do Grêmio. Mesmo que em tom de brincadeira, como já fez antes de a proposta ser apresentada. O argumento é o foco nas últimas rodadas do Brasileirão, mas a postura é encarada como ares de grande indefinição pessoal por parte do treinador.

Independentemente do resultado do jogo, a única certeza é a de que Renato já é o protagonista de mais uma novela do mercado da bola no futebol brasileiro. Resta saber qual camisa vestirá em 2019: a sonhada rubro-negra ou a idolatrada tricolor.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO X GRÊMIO

Data/hora: 21/11;2018, às 21h45 (de Brasília)
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Auxiliares: Kleber Lucio Gil (SC) e Guilherme Dias Camilo (MG)

Flamengo
César; Pará, Réver, Léo Duarte e Renê; Cuéllar, Willian Arão, Diego, Everton Ribeiro e Vitinho; Uribe
Técnico: Dorival Júnior

Grêmio
Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Marcelo Oliveira e Cortez; Michel, Maicon (Jean Pyerre), Cícero (Matheus Henrique), Alisson e Everton; Jael
Técnico: Renato Gaúcho

Esporte