PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Titular no domingo, Marcelo Oliveira prevê futuro como zagueiro no Grêmio

Marcelo Oliveira acredita que poderá ter mais oportunidades como zagueiro em 2019 - MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC
Marcelo Oliveira acredita que poderá ter mais oportunidades como zagueiro em 2019 Imagem: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

Do UOL, em Porto Alegre

17/11/2018 15h33

Marcelo Olivera deve ser o escolhido por Renato Gaúcho para atuar na zaga neste domingo (18), contra a Chapecoense, na Arena. Originalmente lateral, o jogador prevê uma mudança de posição em breve no Grêmio.

"Estou me sentindo bem, sempre deixei claro que gosto e me sinto muito bem de zagueiro. Foi assim no Palmeiras, estreei numa Libertadores, estou acostumado. Contra o São Paulo (no último jogo) sabia que poderia ser eu o escolhido, ou tinha o Matheus Henrique. Eu estava preparado, como estou agora. Gosto muito de jogar ali e estou à disposição do Grêmio, sempre", disse.

Marcelo Oliveira jogou como zagueiro eventualmente no Palmeiras e no Grêmio. Sua última partida por ali foi diante do Paraná, na Arena, Agora, ele acredita até que o futuro possa apresentar oportunidades apenas como defensor central.

"Eu sempre tive comigo que poderia chegar a hora de eu ficar em definitivo na zaga. Temos conversado sobre isso. Não dá para definir um dia. Mas as conversas existem. Sempre tive isso comigo, desde que comecei a jogar de zagueiro. Vai chegar um momento que vou ficar definitivo na zaga", argumentou.

A resposta positiva dos treinadores que utilizaram ele por ali animou o jogador e reforçou a ideia de transição, que pode ser determinada num futuro próximo.

"Quando eu comecei a pensar, foi desde meu primeiro jogo, no Palmeiras, eu gostei muito. Eu nunca tinha treinado tanto até jogar, machucaram jogadores, ficaram suspensos, o Gilson Kleina me chamou, perguntou, e eu disse que poderia. Joguei e me senti bem. E depois o feedback que tive de treinadores e pessoas do clube sempre foram muito positivos na zaga. Não sei se vocês lembram, minha estreia no Grêmio com Felipão foi de zagueiro. Com Roger também, ele falou que uma hora eu iria para zaga. Com Renato também, tenho ouvido bastante ele, e sempre foi positivo de trabalhar na zaga. Acho que está bem próximo o momento de ter esta mudança", completou.

Grêmio e Chapecoense jogam na Arena neste domingo às 19h (de Brasília). A entrada de Oliveira se dá em razão da lesão de Paulo Miranda e de Kannemann servir à seleção argentina. Bressan, que seria opção, está afastado do elenco desde as falhas na Libertadores.

Esporte