PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Dracena diz que sofreu pênalti e comemora rodada favorável ao Palmeiras

Do UOL, em São Paulo

11/11/2018 19h59

Edu Dracena, que sofreu o pênalti pelo Palmeiras contra o Atlético-MG, disse que o árbitro acertou em marcar a falta de Adilson. Na batida, Bruno Henrique converteu a batida e empatou o jogo em 1 a 1 neste domingo.

O zagueiro entrava na área após cobrança de falta e foi puxado pelo atleticano. O juiz Wilton Pereira Sampaio apontou "a marca da cal" imediatamente.

"Foi pênalti, né? Eu estava atacando a bola, e não vi quem me puxou, mas acabou me desequilibrando. Foi importante. Fizemos o gol de pênalti, empatamos, e temos de levar pelo lado de que valeu a dedicação e o empenho. Saímos perdendo e conseguimos o empate. A equipe jogou bem, poderíamos ter saído com a vantagem principalmente no primeiro tempo, se aquela bola do Guerra tivesse entrado", afirmou na zona mista do Independência.

Leia mais:
Juca Kfouri: Verdão dá mais um passo para o título
Felipe Melo responde a críticas sobre Palmeiras apresentar "futebol feio"
Técnico veta conversas sobre contratações antes de término do Brasileirão


Com o 1 a 1 e o empate do Internacional, o Alviverde manteve a vantagem de cinco pontos na liderança e ainda aumentou em um ponto a distância do Flamengo, o terceiro colocado.

"Nós empatamos e o nosso concorrente, o Inter, também não ganhou. Mantivemos cinco pontos, abrimos sete do Flamengo, e vamos brigar até o fim pelo nosso objetivo. O Brasileiro é isso aí: não dando para ganhar, você não perde", completou.

Experiente, o zagueiro disse que é importante que todos entendam que nada está conquistado. Na quarta-feira, o Alviverde joga contra o Fluminense, às 21h45 (de Brasília), no Allianz Parque.

"Em nenhum momento, o grupo menosprezou e achou que já tinha ganhado o campeonato. Quarta-feira teremos um jogo muito difícil contra o Fluminense. Tomara que a gente consiga vencer e se manter na frente dos concorrentes a cada rodada", finalizou.

Esporte