PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Felipão diz que Lucas Lima ganhou espaço por se dedicar mais em treinos

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

23/08/2018 00h00

O técnico Luiz Felipe Scolari cobriu de elogios o meia Lucas Lima, responsável por dois golaços que decidiram a vitória por 2 a 0 do Palmeiras sobre o Botafogo, nesta quarta-feira (22), no Allianz Parque. Segundo o treinador, o camisa 20 se credencia a brigar por uma vaga de titular na equipe principalmente pela melhora que vem apresentando nos treinamentos desde a chegada da nova comissão técnica.

"O Lucas Lima tem tido uma evolução e uma vontade no treinamento. Ele, quando entra nos jogos, já sabemos que ele pode render, mas no treinamento ele modificou muito desde que a gente chegou. Vimos algumas estatísticas e resultados que tínhamos de treinos, e ele modificou para muito mais. Quando ele modifica para muito mais, a gente já começa a ver situações em que ele pode participar mais, de início de jogo. Ou, para alguns jogos, retirando um jogador de contenção para colocar o Lucas. Ele está ganhando espaço por sua determinação e qualidade", disse Felipão.

Após começar o ano como titular, Lucas Lima perdeu a posição para Moisés ainda sob o comando de Roger Machado. Desde que chegou, Felipão tem mantido Moisés entre os titulares de sua equipe ideal, principalmente pelo maior poder de marcação do camisa 10. Cobrado desde o início da temporada por mais participação e mais chegada à frente, Lucas tem correspondido com gols - já são quatro desde a parada da Copa do Mundo.

"O Lucas tem melhorado muito sua condição física, sendo que nos testes e nas medidas do nosso departamento de fisiologia, ele é um jogador que está em pleno desenvolvimento de sua capacidade. Mudou muito, e mudou também porque nós queremos aproveitar o Lucas dentro das características dele. Não é um jogador que faz a mesma coisa que o Felipe Melo, o Moisés, o Bruno Henrique. Se somos uma equipe, temos que trabalhar em equipe e jogar de uma forma que dê essas situações vantajosas a ele. E ele tem que dar o retorno", completou Felipão.

O treinador também voltou a bater na tecla de que precisa de todo o elenco palmeirense para atingir os objetivos de disputar três títulos na temporada (Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores). Sem falar em titulares e reservas, Felipão elogiou a qualidade grupo alviverde e disse que pretende continuar a rodar os jogadores.

"Pretendo encaixar o Lucas. O Thiago Santos, que é fantástico, nunca vi alguém desarmar tanto. Tenho que colocar o Marcos Rocha em condições para disputar com o Mayke. Tenho um grupo muito bom. Por isso a gente, à medida que vai jogando, vai estudando o que pode ser feito no jogo seguinte. Vamos colocando aqueles jogadores que achamos que, para aquele jogo, deverão representar o Palmeiras", afirmou.

O Palmeiras volta a campo no domingo (26), novamente pelo Brasileirão, para enfrentar o Internacional. O duelo será no Beira-Rio e o alviverde tem dois desfalques por suspensão: o zagueiro Edu Dracena e o atacante Dudu.

Esporte