PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Prazo para negociação termina e Atlético-MG reabre as portas para Cazares

Enrico Bruno e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

26/07/2018 10h31

Na vitória do Atlético-MG por 2 a 0 diante do Paraná, o meia Cazares ficou de fora do terceiro jogo seguido pelo time alvinegro. Mas essa pode ter sido sua última ausência na equipe de Thiago Larghi, que já volta a contar com o jogador para a sequência do Brasileirão. O  prazo para o Shabab Al Ahli Dubai Club, dos Emirados Árabes, concretizar a contratação do atleta se encerrou, e a saída antes iminente do camisa 10 pode não acontecer.

No início da semana, Alexandre Gallo, diretor de futebol, confirmou que o Atlético aceitou a proposta por Cazares, mas ainda aguardava a assinatura do contrato por parte dos árabes, situação que já estava se arrastando há mais dias. O prazo estabelecido pelo diretor terminou na noite da última quarta. Após a partida contra o Paraná, Thiago Larghi, que vinha deixando o jogador de fora, reabriu as portas para o meia.

"A gente trabalha em conjunto com a diretoria. Como tinha uma negociação em curso, era prudente não expor o jogador a uma possível lesão. Agora parece que o negócio está para não concretizar. Não concretizando, e ele tendo interesse, é muito bem vindo. É um jogador com muito potencial. Se esforçando, tem espaço no time, sim", comentou o treinador.

Os moldes da proposta aceita pelo Atlético eram semelhantes ao negócio realizado por Otero, que recentemente deixou o clube. Cazares seria emprestado por um ano e depois seria comprado pelos árabes. Os valores da eventual negociação não foram revelados.

Nas três partidas que jogou sem Cazares (Grêmio, Palmeiras e Paraná), o Atlético sentiu falta de seu camisa 10, principal organizador de jogadas, posição carente na equipe de Thiago Larghi. Se ele ficar, terá como concorrente o jovem Nathan, emprestado pelo Chelsea até julho do ano que vem. Nathan foi apresentado no início da semana e deverá ficar à disposição de Larghi nas próximas rodadas.

Esporte