PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Para vencer "turbulência", Roger escala Dracena e pode sacar Lucas Lima

Edu Dracena vai voltar a ser titular no Palmeiras - Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Edu Dracena vai voltar a ser titular no Palmeiras Imagem: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

20/04/2018 12h48

Roger Machado vai mudar o Palmeiras para enfrentar o Internacional no próximo domingo, às 16h, no Estádio do Pacaembu. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira (20) após treino completamente fechado, ele confirmou que Edu Dracena será titular no lugar de Thiago Martins.

Além disso, o treinador analisa novas mudanças para ver o time voltar a vencer. Lucas Lima pode perder a vaga. Nos últimos três jogos, o Alviverde perdeu para o Corinthians na final do Paulista, cedeu o empate para o Boca Juniors nos acréscimos da terceira rodada da Libertadores e empatou por 1 a 1 com o Botafogo.

"O Edu traz para a equipe a qualidade do jogo, posição por bola aérea, assim como o Antônio e o Thiago. Mas o Edu me dá a experiência dele, a capacidade destes momentos de ambiente pressionado, nos ajudar a ter o time equilibrado. E conseguir passar por esse momento. Essa é a contribuição do Edu", explicou.

“Eu preciso achar uma solução para este pequeno momento e testando jogadores com outras características. Para que a gente consiga passar pelo pequeno momento de turbulência. De fato, o Lucas não atuou no mesmo nível, mas confio muito e penso muito a respeito disso. Ainda não decidi o que devo fazer. Tenho o treinamento de amanhã e é importante para eu observar as alternativas. Ele tem muito prestígio e vou lidar com muita calma nesta questão”, afirmou o treinador.

O que pode fazer Lucas Lima receber uma nova chance é a ausência de Alejandro Guerra. O venezuelano se machucou durante treinamento e não será relacionado, assim como Michel Bastos. Moisés também pode ser escalado na função.

Ainda assim, Roger fez questão de defender o trabalho do meio-campista que foi contratado por mais de R$ 60 milhões contando salários de cinco anos, luvas e comissões para empresários.

“A frustração é proporcional à expectativa gerada. Mas o Lucas foi o assistente para passes com gol, ele vem atuando com regularidade. Não com a expectativa que se gerou na contratação. Ele tem sido importante. Alguns detalhes de posicionamento e que a gente tem ajudado para que ele consiga entender algumas situações dentro de campo”, completou.

Borja, que foi poupado da estreia do Brasileiro por dores no joelho, será escalado. Bruno Henrique, que foi suspenso por um Tribunal na Itália na última quinta-feira (19), ainda tem condições de jogo. Além de ligar a luz de alerta, Roger faz questão de destacar a qualidade do Internacional, eliminado na última quinta na Copa do Brasil.

O provável Palmeiras tem a seguinte escalação: Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Moisés (Lucas Lima); Dudu, Keno e Borja. 

“Não tenho dúvida que pela eliminação o foco do Inter vai ser no Brasileiro e não podemos permitir que as impressões externas e avaliações externas de que o adversário está eliminado, vem jogar em São Paulo e vai ser facilmente batido. Nada que possa nos iludir. Isso é o que temos que fugir. Não podemos cair nesta armadilha. O jogo vai ser duro e disputado, mas precisamos do apoio do torcedor, neste jogo especialmente por não ser no Allianz”, finalizou.

Esporte