PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Levir diz que errou e assume culpa por queda de rendimento contra o Bahia

Levir - Daniel Vorley/AGIF - Daniel Vorley/AGIF
Imagem: Daniel Vorley/AGIF

Do UOL, em São Paulo

24/07/2017 04h00

Apesar da vitória por 3 a 0 sobre o Bahia, Levir Culpi não deixou o Pacaembu satisfeito com sua equipe. No entender do técnico do Santos, a equipe alvinegra caiu de rendimento no segundo tempo da partida. E ele aponta um culpado. 

"Quando você faz 3 a 0, é automático que você cuide mais do sistema defensivo. Por isso eu coloquei o Alison. Era para fechar a casinha, mas o Bahia criou mais chances de gol, criou corpo. Não foi uma mexida legal. Eu queria mexer na parte física do time. Pensava em tirar o Lucas [Lima] e o Vecchio, mas o Vecchio está com um desgaste maior. A gente tem de pensar em tudo isso ali no banco. E a gente sempre erra", afirmou o treinador.

O time paulista fez um bom primeiro tempo e foi para o intervalo com um tranquilo 2 a 0 no placar (dois gols de Bruno Henrique). Na segunda etapa, porém, criou pouco no ataque e cedeu muitos espaços para o adversário na defesa.

"Esse jogo não merecia ser 3 a 0. O Bahia esteve muito perto do gol. É um time que joga bem. Nós escapamos dos gols. O jogo podia ter sido 3 a 2, 3 a 3. Foi equilibrado", disse Levir.

Faltou ao Bahia caprichar mais nas finalizações. Quando acertou o pé, parou em Vanderlei, que fez ao menos duas grandes defesas no segundo tempo. Em uma delas, se esticou todo para evitar o gol de Vinícius. O goleiro foi muito aplaudido pela torcida que compareceu em grande número ao Pacaembu (35.769 pessoas foram ao estádio).

Esporte