Topo

Esporte


Adilson culpa arbitragem por derrota e Ceni sugere complô: "Vai ser difícil chegar"

Goleiro do São Paulo Rogério Ceni fez duras críticas à arbitragem após derrota - Lucas Uebel/VIPCOMM
Goleiro do São Paulo Rogério Ceni fez duras críticas à arbitragem após derrota Imagem: Lucas Uebel/VIPCOMM

Do UOL Esporte

Em São Paulo

11/09/2011 21h11

O São Paulo não esteve em noite inspirada e acabou derrotado pelo Grêmio por 1 a 0, no Olímpico. Mas o que revoltou Adilson Batista e os jogadores tricolores foi a arbitragem. O goleiro Rogério Ceni sugeriu até um complô e disse que será difícil a equipe conquistar o título.

“Empate seria uma vitória pela forma como foi conduzido o jogo. Acho que nosso time só chutou umas duas bolas, mas pela forma como foi conduzido o jogo, a gente sabia que ia ser difícil. Para o São Paulo vai ser difícil chegar de novo” disse.

O capitão tricolor desaprovou a atuação de Heber Roberto Lopes que anulou um gol de Casemiro quando a partida estava empatada por 0 a 0. O gremista André Lima também teve um tento invalidado.

Outro lance que revoltou o time paulista foi um cartão amarelo dado para Casemiro. O árbitro interpretou que o volante simulou um pênalti, mas só decidiu dar a advertência após alguns minutos.

“É a primeira vez na história que vi um cartão depois de quatro minutos. Tem que ver essa pressão, eles estão pressionando o árbitro e isso está dando certo. Os cartões estão saindo para nós e vão acabar tirando alguém do nosso time”, completou Ceni.

O técnico Adilson Batista também se manifestou sobre a atuação do juiz. “Faltou o Héber dar o gol do Casemiro. Com o 1 a 0, a história seria outra. A arbitragem teve critérios diferentes. Apanhamos e ele amarelou todo mundo. Acho que fomos prejudicados nos cartões amarelos, nas faltas. O outro lado bateu e não aconteceu nada”, disse.

Grêmio x São Paulo
Veja Álbum de fotos

Mais Esporte