PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Hamilton se surpreende ao saber que superou recorde de Schumi: 'Incrível'

Darko Vojinovic/AP
Imagem: Darko Vojinovic/AP

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Budapeste (HUN)

24/07/2016 11h37

A vitória de Lewis Hamilton no GP da Hungria não apenas significou que o inglês assumiu pela primeira vez no ano a liderança do campeonato, como também fez com que ele se tornasse o maior vencedor da história do circuito, usado pela Fórmula 1 desde 1986.

Ao saber que bateu Michael Schumacher, que conquistou quatro vitórias nas 18 vezes que disputou o GP da Hungria, Hamilton optou por agradecer aos times pelos quais correu.

“É incrível ouvir estas palavras, especialmente porque cresci assistindo Michael correr, então saber que venci mais corridas do que ele é algo incrível. Não conseguiria fazer isso sem as pessoas que trabalham comigo, tanto a McLaren, quanto a Mercedes. É o resultado de um grande grupo de pessoas. Ficou muito agradecido.”

A quinta vitória de Hamilton vem na décima oportunidade em que o inglês, que tem 31 anos, disputou um GP da Hungria

“Amo esse lugar, espero que tenha muito mais pela frente. Não foi o GP dos mais fáceis que tive nos 10 anos que corri daqui, foi uma grande batalha entre os três primeiros”, salientou o piloto, que venceu com apenas 1s9 de vantagem para Nico Rosberg, com Daniel Ricciardo em terceiro.

Perguntado como iria comemorar o triunfo, o inglês disse que não pretende exagerar. “Definitivamente vou sair para jantar hoje à noite. Mas vou correr semana que vem, então não vai ser nada muito pesado. E amanhã já volto para a Inglaterra”, disse o inglês, que agora lidera o campeonato com seis pontos de vantagem para Rosberg.

Fórmula 1