PUBLICIDADE
Topo

Saque e Voleio

Podcast SeV S02E46: quem se deu bem no fim de ano dos brasileiros

João Pires/Fotojump
Imagem: João Pires/Fotojump
Alexandre Cossenza

Alexandre Cossenza é bacharel em direito e largou os tribunais para abraçar o jornalismo. Passou por redações grandes, cobre tênis profissionalmente há oito anos e também escreve sobre futebol. Já bateu bola com Nadal e Federer e acredita que é possível apreciar ambos em medidas iguais. Contato: ac@cossenza.org

Colunista do UOL

09/12/2020 10h17

O podcast Saque e Voleio, no ar para os apoiadores do blog, chega hoje com um balanço do que aconteceu nos Challengers de São Paulo e Campinas, lembrando do título de Felipe Meligeni, mas sem esquecer os resultados dos outros brasileiros que estiveram nos dois torneios.

Começo o episódio falando dos tenistas da casa que aproveitaram chances e saem com balanço positivo: além de Meligeni, incluí neste grupo Pedro Sakamoto, João Menezes e Matheus Pucinelli. Lembro dos resultados de cada um deles, de seus méritos e explico por que acho que eles saíram no lucro nos últimos eventos do ano.

Em seguida, cito os brasileiros que deixaram a desejar e perderam boas chances de somar pontos. Entre eles, incluo principalmente Thiago Wild, Thiago Monteiro e Orlandinho, mas cito também Thomaz Bellucci. Lembro que alguns deles tiveram problemas extraquadra e dou meus motivos para crer que este grupo poderia ter feito mais.

Por fim, falo um pouco sobre Carol Meligeni e sua opção por disputar torneios no Egito, onde ela foi campeã e vice em duas semanas seguidas, lembrando do exemplo de João Menezes, que deu um salto dos Futures para os Challengers embalado também por uma escolha inteligente de calendário.

Quem já apoia o Saque e Voleio pode acessar o link para o episódio lá no Mural do Apoia.se.

Quem quiser pode aproveitar a ocasião para começar a apoiar o blog (com R$ 15 mensais, você tem direito a conteúdo exclusivo e newsletter semanal, além de brindes e promoções). Basta visitar o Apoia.se, conhecer melhor o programa de financiamento coletivo recorrente do Saque e Voleio e fazer sua contribuição.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.