PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Posse de Bola


O que Diniz tem que Tiago Nunes não tem?

Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi

Dar continuidade, atualizar e incrementar o "Posse de Bola" com informações quentes e análises ao longo da semana -- com a chancela da dupla que criou o Podcast, trabalhou junta desde os primórdios no Notícias Populares, passando pela ESPN, e hoje tem um canal no Youtube.

27/03/2020 16h01

Fernando Diniz foi o cara da semana no futebol brasileiro. Disputa pelo rótulo de seu método de trabalho: Dinizmo ou Dinizismo ? Entrevista para o Sportv, perfil no site oficial do São Paulo FC, ótimo entrevistão para o colega Julio Gomes aqui no UOL...

A cada declaração, frase ou análise, mais pontos ganhos junto ao torcedor, à mídia em geral, à cúpula do seu clube. Começou bem a semana; terminou melhor ainda - mesmo sem futebol rolando pelo mundo afora.

E Tiago Nunes, sua "sombra" e eterna régua de comparação, depois de um ter sucedido o outro no Athletico-PR?

Tiago, após longo silêncio, deu apenas uma entrevista. Para o nosso também colega Napoleão de Almeida, no BandSports. Não falou tanto quanto Diniz. Nem precisava. Suas palavras repercutiram mal no Parque São Jorge, junto aos dirigentes, junto aos funcionários, junto aos torcedores. Soberba? Despreparo?

Com menos de três meses de clube, Tiago já apresenta desgaste acentuado e parece não ter respaldo algum; do presidente ao roupeiro. Nenhuma voz corintiana surge para defende-lo.

O oposto vive Fernando Diniz. Curiosamente depois do duelo com Tiago pelo Paulista (0 x 0 no Morumbi), quando foi xingado pelo torcedor são-paulino presente ao estádio, o técnico (que ostenta menos resultados do que seu colega rival) passou a ser defendido publicamente. Por todos com alguma importância no clube. Do presidente ao roupeiro, passando por todos os jogadores importantes, como Dani Alves, Hernanes, JuanFran, Pato...

Diniz, pelos elogios a todos os departamentos do clube, pelo trato respeitoso e próximo a todos os funcionários, foi colecionando simpatizantes. No São Paulo, a imagem que ele tem é a seguinte: "ele sempre coloca o clube acima dele, acima das questões pessoais." Diferente, por exemplo, da passagem de Rogerio Ceni como treinador...

A cereja do bolo foi o apoio dos são-paulino ilustres. Primeiro, Muricy (com quem o torcedor ainda vive lua de mel). Depois, jogadores simbólicos, como Luís Fabiano e Kaká, Miranda, Lucas Moura... Todos falaram bem de Diniz. Alguns, visitaram o clube. Foram ao Morumbi.

A lua de mel de Fernando Diniz vai durar pelo menos até a bola voltar a rolar. O inferno astral de Tiago Nunes, também. O técnico corintiano vai durar até lá?

Posse de Bola