Pole Position

Pole Position

Reportagem

Como Hamilton sonhou com vitória e acabou desclassificado no GP dos EUA

Foi uma vitória bem mais difícil do que Max Verstappen previa quando alinhou para o GP dos Estados Unidos. E olha que ele largou em sexto e ultrapassou Lando Norris pela liderança na volta 28. O holandês não teve a mesma vantagem em termos de ritmo da sprint no sábado, e ainda sofreu com os freios após uma mudança feita pela equipe entre o sábado e o domingo.

Mesmo assim, venceu com 2s2 de vantagem para Lewis Hamilton. O inglês saiu do carro acreditando que poderia ter vencido, e seu ritmo também impressionou Lando Norris, que chegou a liderar a corrida e terminou em terceiro. No entanto, o inglês foi desclassificado depois que a FIA identificou que a prancha que determina a altura mínima dos carros estava mais gasta do que o permitido. Charles Leclerc, que terminou em sexto, também teve seu resultado anulado pelo mesmo motivo.

Isso muito provavelmente foi relacionada às ondulações, muito fortes em Austin. Mas cabe às equipes usarem uma configuração que deixe o carro mais alto para evitar esse desgaste e ficar dentro das regras. Muito embora isso signifique uma perda em termos de desempenho.

Essa checagem do desgaste da prancha é feita de maneira aleatória. Após a corrida de Austin, também foram checados os carros de Verstappen e Norris.

Hamilton não gostou da estratégia da Mercedes

Antes de saber da desclassificação, Hamilton lamentou duas coisas: sua largada não foi tão boa quanto a de Norris, que passou o pole position Charles Leclerc logo de cara. O inglês ainda perdeu a terceira posição para Carlos Sainz, e teve que passar as duas Ferrari na pista.

Depois, a Mercedes titubeou em relação à estratégia, tentando avaliar se seria possível fazer apenas uma parada. Eles pediram a Hamilton que aguentasse na pista, mas ele acabou perdendo muito tempo e voltou mais longe dos líderes. O inglês tirou a diferença, passou Norris, tentou caçar Verstappen, mas faltaram voltas para eles terem um duelo.

"Lewis era o carro mais rápido hoje", disse Norris. "Eu era lento demais nas curvas lentas para conseguir acompanhar o Max. E, quanto mais quente, pior para a gente."

Leclerc também foi desclassificado

Pole position, Leclerc foi o único entre os primeiros a optar pela estratégia de uma parada. Isso porque, segundo os números da Ferrari, as táticas pareciam ser semelhantes e, quando eles perceberam que o desgaste de pneus era menos acentuado na corrida do que na sprint, tomaram a decisão de só parar uma vez. "Mas só nós fizemos isso, e claramente não era a melhor opção, então temos que entender por que nossos dados diziam isso." Leclerc cruzou em sexto e também teve problemas com o desgaste da prancha.

Continua após a publicidade

Com isso, Verstappen manteve a vitória, Norris passou para o segundo lugar e Carlos Sainz, a Ferrari que fez duas paradas, foi o terceiro. Sergio Perez saiu no lucro, terminando em quarto e ganhando pontos em relação a Hamilton na luta pelo vice-campeonato.

As desclassificações também significaram que Logan Sargeant marcou seu primeiro ponto na Fórmula 1, e logo em um de seus GPs caseiros nos Estados Unidos.

A próxima etapa da categoria será logo no próximo final de semana, no México.

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes