PUBLICIDADE
Topo

Pole Position

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Datas, horários e tudo sobre o GP da Espanha

Lewis Hamilton liderou o grid de largada do GP da Espanha em 2020 - Dan Istitene - Formula 1/Formula 1 via Getty Images
Lewis Hamilton liderou o grid de largada do GP da Espanha em 2020 Imagem: Dan Istitene - Formula 1/Formula 1 via Getty Images
Julianne Cerasoli

Fã de Fórmula 1 desde a infância, Julianne Cerasoli nasceu em Bragança Paulista (SP) e hoje vive em Londres (Inglaterra). Atua como jornalista desde 2004, tendo trabalhado com diversos tipos de mídia ao longo dos anos, sempre como repórter esportiva e com passagem como editora de esportes do jornal Correio Popular, em Campinas (SP). Cobrindo corridas in loco na Fórmula 1 desde 2011, começou pelo site especializado TotalRace e passou a colaborar para o UOL Esporte em 2015, e para sites e revistas internacionais. No rádio, é a repórter de Fórmula 1 da Sistema Bandeirantes de Rádio desde 2017, e também faz participações regulares no canal Boteco F1, o maior dedicado à categoria no YouTube. Em 2019, Julianne criou o projeto No Paddock da F1 com a Ju, na plataforma Catarse, em que busca aproximar os fãs da Fórmula 1 por meio de conteúdo on demand e podcast exclusivo com personagens da categoria. Neste espaço: Única cobertura in loco de toda a temporada da Fórmula 1 na mídia brasileira, com informações de bastidores, entrevistas exclusivas, análises técnicas e uma pitada de viagens.

Colunista do UOL

06/05/2021 04h00

A quarta etapa do campeonato da Fórmula 1 - e apenas a segunda que estava no calendário original - será disputada neste final de semana, na Espanha, palco em que Lewis Hamilton venceu nos últimos quatro anos. No Circuito da Catalunha, que fica na cidade de Montmeló, 30km ao norte de Barcelona, equipes e pilotos voltam a um velho conhecido, por geralmente ser o palco dos testes de pré-temporada, além de receber o GP da Espanha desde 1991. Isso, depois de correr em Imola e Portimão, que foram adicionadas em 2020 e 2021 por conta da pandemia como substitutas de outras corridas que não puderam ser realizadas.

O GP da Espanha é, também, daqueles que mostram a realidade da relação de forças entre as equipes. Isso porque ele tem um pouco de tudo: uma reta longa, curvas de média e alta velocidade, e um último setor mais sinuoso.

Mas a pista tem uma mudança importante para este ano - a primeira desde 2007: o cotovelo da curva 10, após a reta oposta, à esquerda, agora voltou a ser uma curva mais longa, como era entre 1991 e 2003. A mudança foi feita por questões de segurança, que envolvem uma discussão entre a FIA, que rege a F1, e a FIM, da MotoGP.

Mudanças à parte, a corrida deve marcar outro capítulo na briga apertada entre Hamilton, líder do campeonato com oito pontos de vantagem, e Max Verstappen, que tenta se redimir depois de dois erros consecutivos em classificações. Isso porque a Red Bull parece ter um ritmo melhor aos sábados, mas a Mercedes tem um pouco de vantagem aos domingos. Porém, desde 2014, Barcelona é território Mercedes.

Como acompanhar o GP da Espanha:

Sexta-feira, 7 de maio

Treino livre 1, das 6h30 às 7h30: BandSports

Treino livre 2, das 10h às 11h: BandSports

Sábado, 8 de maio

Treino livre 3, das 7h às 8h: BandSports

Classificação, das 10h às 11h: Band (SP e outras praças)/BandSports

Domingo, 9 de maio

Corrida, a partir das 9h30 (largada às 10h): Band e BandNewsFM

Circuito da Catalunha

Distância: 4.675km

Recorde em classificação: 1min15s406 (Lewis Hamilton, Mercedes, 2019)

Recorde em corrida: 1min18s183 (Valtteri Bottas, Mercedes, 2018)

Número de voltas: 66

DRS - 2 zonas

Zona 1: 40m após a curva 9

Zona 2: 57m após a curva 16 (reta dos boxes)

Pneus disponíveis: C1 (duros), C2 (médios) e C3 (macios)

Resultado em 2020

Pole position: Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - 1min15s584

Pódio:

1º Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - 1h31min45

2º Max Verstappen (HOL/Red Bull-Honda) +24s177

3º Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) + 44s752

Características da pista da Catalunha

É considerada uma pista completa, com vários tipos diferentes de curvas. E, com a mudança no perfil da curva 10, espera-se que os tempos caiam, mesmo com a distância total do traçado tendo aumentado em 20m. Este será o quarto traçado diferente que a F1 usará em Montmeló.

A Pirelli está levando seus três pneus mais duráveis para o GP da Espanha. Trata-se dos mesmos três compostos usados no último final de semana, em Portimão. Mas o asfalto do Circuito da Catalunha é mais abrasivo que o do português e espera-se que as temperaturas estejam um pouco mais altas, superando os 20ºC. As últimas duas corridas da temporada foram disputadas com mais frio.

A distância entre a pole position e a primeira curva é a terceira maior do campeonato, com 612 metros, perdendo apenas para as pistas de Sochi, na Rússia, e da Cidade do México.

Mesmo com a distância grande até a primeira curva, largar na pole position é importante no Circuito da Catalunha: em 30 provas disputadas pela Fórmula 1 no circuito, 23 foram vencidas pelo primeiro colocado no grid.

Curiosidades sobre o GP da Espanha

O GP da Espanha vem sendo (quase) totalmente dominado pela Mercedes na era híbrida da F1, desde 2014: de lá para cá, os pilotos da equipe alemã fizeram todas as poles positions e só não ganharam uma corrida. Foi justamente o GP da Espanha de 2016, primeira prova de Max Verstappen na Red Bull. Ele se aproveitou de um acidente entre os pilotos Mercedes, Lewis Hamilton e Nico Rosberg, para vencer pela primeira vez na F1.

Hamilton, inclusive, pode igualar-se a Michael Schumacher se vencer pela sexta vez o GP da Espanha. Ele também tem a segunda chance de chegar a 100 poles positions.

Foi em um GP da Espanha que Lella Lombardi se tornou a primeira e única mulher a pontuar na Fórmula 1. Isso, em 1975, quando apenas os seis primeiros colocados pontuavam. Ela foi sexta colocada na prova, disputada no perigosíssimo circuito de Montjuic, em Barcelona.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL