PUBLICIDADE
Topo

Paulo Anshowinhas

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Rayssa vence nos EUA e está a um passo de ser a melhor do mundo

Rayssa Leal durante a disputa da 2ª etapa da SLS - AFP
Rayssa Leal durante a disputa da 2ª etapa da SLS Imagem: AFP
Conteúdo exclusivo para assinantes
Paulo Anshowinhas

Paulo Anshowinhas é skatista pioneiro, jornalista, radialista e comunicador. Foi juiz do Mundial de skate da Alemanha, chefe da delegação no Mundial do Canadá, comentarista do X Games e fundador da revista Yeah! Skate is my life.

Colunista do UOL

30/10/2021 17h17

Uma mão na taça e dois pés no skate. Aos 13 anos de idade, falta pouco para a skatista maranhense Rayssa Leal ser confirmada como a melhor do street skate mundial.

Depois da excelente performance na etapa de Lake Havasu, no Arizona, neste sábado, Rayssa provou de uma forma firme e consistente que a coroa da Street League Feminino já tem uma forte candidata.

Com uma pontuação de 19,2 na etapa final, Rayssa levou o título da etapa ao superar suas adversárias japonesas Momiji Nishiya e Funa Nakayama além da brasileira Pamela Rosa com muito foco e determinação.

Funa, inclusive foi a grande rival de Rayssa desde a primeira fase da final, ficando em primeiro lugar na parte inicial e segundo lugar na fase de manobras, com uma diferença de 16,1 contra os 17,7 de Rayssa.

Na parte final das duas últimas voltas, Rayssa apesar de concentrada não conseguiu encaixar a primeira manobra. Enquanto a japonesa Momiji Nishiya conseguiu a maior nota da competição com 8,0 com um flip varial.

Mesmo assim, na última manobra em que Rayssa precisava de uma nota 4.7, conseguiu acertar um 50/50 flip com perfeição e atingiu a marca de 6.3 pontos.

Foi o suficiente para voltar ao primeiro lugar, o que rendeu mais uma vitória de forma apoteótica para Rayssa, que se tornou a primeira menina a vencer duas etapas seguidas pela primeira vez na Street League.

Se mantiver esse ritmo de aproveitamento atual na etapa final, dia 14 de Novembro na Flórida, Rayssa vai escrever um novo capítulo na história do skate mundial, e levantar a merecida taça de campeã mundial de street skate.