Olhar Olímpico

Olhar Olímpico

Siga nas redes
ReportagemEsporte

Brasil perde da Holanda e é virtualmente eliminado do Mundial de Handebol

O Brasil praticamente deu adeus ao sonho de voltar ao pódio do Mundial Feminino de Handebol ao perder nesta quarta-feira (6) para a Holanda, por 35 a 27, na Dinamarca. A seleção ainda se despede da competição jogando contra a Argentina, na sexta (8), e a República Checa, no domingo (10), com chances remotíssimas de classificação.

Nesta segunda fase, os três times que se classificaram pelo grupo do Brasil (também Espanha e Ucrânia) enfrentam os três melhores da chave que tinha holandesas, argentinas e checas. Como todos carregam os resultados da primeira fase, a seleção brasileira, que já havia perdido da Espanha, agora tem duas derrotas.

Só duas equipes avançam para as quartas de final, e Espanha e Holanda ainda estão invictas, a duas rodadas do fim. Para o Brasil seguir tendo chances, precisa de uma improvável combinação de resultados que inclui ou a Espanha perder da República Checa, ou a Holanda perder da Ucrânia.

No jogo de hoje, em Fredrikshavn, em nenhum momento o Brasil conseguiu equilibrar o placar. A Holanda abriu 5 a 0 logo de cara, e foi mantendo a vantagem. Foi ao intervalo com cinco gols de frente (18 a 13) e acabou com oito de margem.

Melhor jogadora do Brasil, Bruna de Paula teve só 33% de aproveitamento, com dois gols em seis tentativas. Não à toa, a goleira Yara Ten Holte foi escolhida a melhor jogadora da partida.

Kelly Rosa, que é apontada como a grande revelação do handebol brasileiro em anos e nunca tinha jogado pela seleção até o Mundial, foi quem teve mais oportunidades, e saiu do jogo como artilheira da equipe, com sete gols. Giulia anotou cinco.

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora