PUBLICIDADE
Topo

Fábio Seixas

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Programe-se: GP da Rússia

Vencedor do GP da Itália, Daniel Ricciardo observa a pista de Sochi com colegas da McLaren  - McLaren
Vencedor do GP da Itália, Daniel Ricciardo observa a pista de Sochi com colegas da McLaren Imagem: McLaren
Conteúdo exclusivo para assinantes
Fábio Seixas

Fábio Seixas é jornalista com mestrado em Administração Esportiva e passagens por veículos como Folha de S.Paulo, SporTV e TV Globo. Cobriu mais de 170 GPs de F-1, esteve em duas temporadas da Indy e chegou a pilotar um Benetton em Paul Ricard. Voltou para os boxes rebocado.

Colunista do UOL

23/09/2021 10h50

A chegada dos pilotos a Sochi, nesta quinta-feira, foi dominada por um assunto. Não é difícil adivinhar: o choque entre Hamilton e Verstappen em Monza.

O inglês preferiu a saída diplomática. E falou bonito.

"Nunca espero que o outro piloto tire o pé. Mas, no final das contas, todos temos que ser espertos e entender que há situações em que simplesmente não dá para fazer a curva. A artimanha é permanecer em condições de atacar de novo na seguinte. Não dá para apostar tudo numa curva só. Mas isso só vem com a experiência", disse. "Sei o que é disputar o título pela primeira vez, toda a vontade, toda as emoções que afloram... Mas espero que não tenhamos mais incidentes ao longo do campeonato."

Verstappen ainda não falou sobre o tema. Assim, coube a Helmut Marko, bem a seu estilo, dar uma visão nua, crua e realista sobre a rivalidade.

"Do nosso lado, estamos conversando com Max sobre respeito mútuo e sobre evitar novos acidentes. Mas eles são pilotos. Quando abaixam a viseira, esquecem de tudo isso."

Mas outros assuntos também movimentam o paddock antes de os motores roncarem.

Ainda na Red Bull, há a expectativa para entender se Verstappen trocará de motor neste fim de semana, o que o jogaria para o fundo do grid. A decisão só deve ser tomada após a classificação e vai depender também da meteorologia.

Por ora, a previsão é de dias chuvosos em Sochi. Aliás, não para de chover por lá desde o começo da semana. Para os traumatizados de Spa, um alento: é aquela chuva fraca e chata, nada de temporal no radar.

Por fim, a Haas confirmou nesta quinta-feira que manterá a dupla Nikita Mazepin e Mick Schumacher por mais uma temporada. Isso deixa a F-1 com apenas uma vaga aberta para 2022, na Alfa Romeo. Guanyu Zhou é o favorito a ocupá-la, Antonio Giovinazzi tenta um milagre, Nick de Vries parece já ser carta fora do baralho.

Acho que vai ficar com o chinês.

Vamos à programação do GP da Rússia, 15ª etapa do Mundial, no traço fino do Pilotoons...

sochi - Pilotoons - Pilotoons
Programação do GP da Rússia
Imagem: Pilotoons