PUBLICIDADE
Topo

Basquete

Lakers pedem tempo para brilhar e minimizam nona derrota seguida com 'super-time'

Elenco estrelado montado pelos Lakers ainda não conseguiu vencer sequer uma partida - REUTERS/Lucy Nicholson
Elenco estrelado montado pelos Lakers ainda não conseguiu vencer sequer uma partida Imagem: REUTERS/Lucy Nicholson

Do UOL, em São Paulo

31/10/2012 07h48

Após oito derrotas na pré-temporada, o Los Angeles Lakers voltou a decepcionar na abertura da temporada da NBA. Ainda sem vencer com seu ‘super-time’, o time da Califórnia perdeu em casa para o Dallas Mavericks por 99 a 91, nesta terça-feira, e viu seus astros pedirem um tempo maior para que possam corresponder às expectativas.

“Não é uma desculpa, mas isto [bom desempenho] virá com o tempo. Não tivemos a oportunidade de realmente jogarmos juntos como queremos, mas vamos fazer isso. Vamos jogar melhor”, disse o pivô Dwight Howard, principal contratação da franquia para esta temporada.

Os Lakers sofreram com problemas de lesão durante a fase preparatória, na qual acumularam oito derrotas e tiveram o pior desempenho de sua história. Howard e Kobe Bryant praticamente não jogaram, o que comprometeu o entrosamento da equipe para o início desta temporada.

ABERTURA DA NBA TEM RIXA NO LESTE

  • Nesta terça-feira, o Miami Heat, atual campeão da NBA, estreou com vitória na temporada 2012/2013. Em casa, poucos minutos após receber os anéis pelo título, a franquia da Flórida venceu o Boston Celtics por 120 a 107.

    O duelo entre os rivais do Leste foi apimentado após o astro Kevin Garnett, dos visitantes, se negar a cumprimentar o ex-colega de equipe Ray Allen.

“Como vocês sabem, existem muitas expectativas sobre nós para esta temporada. Estamos tentando passar por cima disso. Estamos tentando trazer outro campeonato de volta a onde ele pertence, de volta a Los Angeles”, afirmou Kobe.

O principal pontuador da franquia foi o espanhol Pau Gasol, que anotou 23 pontos e apanhou 13 rebotes. Kobe anotou 22 pontos, enquanto Howard contribuiu com 19. Os três, porém, foram os únicos atletas que pontuaram em duplo dígito contra seis dos Mavs, que apresentaram um melhor jogo coletivo para sair com a vitória.

“Foi uma grande vitória”, comentou o técnico dos Mavericks, Rick Carlisle. “Os Lakers ainda ficarão bem. Tem muitos caras novos e um novo sistema, mas nós fomos oportunistas nesta noite e fizemos um bom trabalho”.

Basquete