PUBLICIDADE
Topo

Hotel investe em biodigestor para reduzir descarte de lixo em 60%

Hotel investe em biodigestor e visa reduzir o descarte de lixo orgânico em aterros sanitários - Divulgação
Hotel investe em biodigestor e visa reduzir o descarte de lixo orgânico em aterros sanitários Imagem: Divulgação

Lígia Nogueira

Colaboração para Ecoa, em São Paulo

27/09/2021 06h00

Um equipamento biodigestor capaz de transformar resíduos alimentares orgânicos em efluentes tratados com o objetivo de diminuir o descarte de lixo orgânico em aterros é a aposta de um hotel em São Paulo para reduzir pelo menos 60% do volume de material lançado no meio ambiente.

Operando como uma lixeira inteligente, o Biodigestor ECO-PRO instalado no Renaissance São Paulo Hotel, que tem 444 apartamentos, processa os resíduos e acelera a decomposição da matéria orgânica através da água e microrganismos.

O resultado do processo gera um efluente rico em nutrientes que pode ser descartado diretamente pelo ralo ou estações de tratamento de esgotos, para gerar água de reuso.

"Reduzir resíduos alimentares de forma que não impactasse negativamente o meio ambiente sempre foi um dos nossos maiores desafios e estamos satisfeitos com a solução", diz Vanessa Martins, gerente geral do Renaissance.

Com a implementação, o hotel estima a redução de no mínimo 60% no volume de lixo enviado ao aterro sanitário, que é equivalente a um total de 6 a 10 toneladas mensalmente.