PUBLICIDADE
Topo

Designer nigeriano cria estação portátil de lavagem das mãos contra Covid

Estação de lavagem de mãos portátil do designer nigeriano Nifemi Marcus-Bello  - Reprodução/ Instagram
Estação de lavagem de mãos portátil do designer nigeriano Nifemi Marcus-Bello Imagem: Reprodução/ Instagram

Lígia Nogueira

Colaboração para Ecoa, em São Paulo

11/01/2021 13h15

Assim como aconteceu em muitas partes do mundo, a pandemia fez com que o designer nigeriano Nifemi Marcus-Bello refletisse sobre como poderia contribuir em sua área de atuação para melhorar a vida das pessoas, especialmente a dos profissionais de saúde, em uma situação emergencial.

À frente do Nmbello Studio, ele desenvolveu uma estação de lavagem das mãos portátil e modular projetada e fabricada localmente em Lagos, uma das principais cidades do país. O design inteligente da peça conquistou os jurados do Wallpaper * Design Awards 2021, que o premiaram na categoria Life-Enhancer do ano.

"A estação foi projetada para ser empurrada de enfermaria para enfermaria devido à arquitetura imprevisível de hospitais e instalações de saúde na Nigéria", explica ele em seu perfil no Instagram.

A peça é construída a partir de uma estrutura de aço tubular, mesmo material usado para fazer leitos hospitalares locais, de modo que pode ser facilmente replicada por qualquer soldador local. Uma pia, uma caixa e o invólucro para a bomba e o sensor sem toque foram criados por ceramistas locais recém-formados pela Escola de Tecnologia Yaba, em Lagos.

Nifemi Marcus-Bello conta que conversou com amigos que trabalham no setor de saúde em Lagos para saber como os designers poderiam ajudar no combate à pandemia. "Contratamos médicos, enfermeiras e várias equipes de saúde locais para identificar e compreender os medos e as frustrações do setor de saúde na luta contra a Covid-19."

"Para nossa surpresa, eles testemunharam unanimemente que a lavagem eficaz das mãos pode ser difícil em hospitais e centros de saúde. A razão é que, com o influxo de pacientes devido à pandemia, os médicos precisam passar de um paciente para outro muito rapidamente. Atualmente, as pias estão em locais fixos e exigem que médicos e enfermeiras andem de um lado para outro entre os pacientes."

O estúdio se propôs a encontrar soluções de design para este problema com foco no uso de materiais facilmente acessíveis e disponíveis localmente e na colaboração com artesãos locais. Juntos, eles foram capazes de projetar um produto que não apenas atende aos diferentes problemas identificados durante a pesquisa, mas cria uma economia circular em que o produto pode ser projetado e fabricado para a comunidade e pela comunidade.