PUBLICIDADE
Topo

Agora a Nasa vem: VW Fusca com rabo de peixe é nova invenção do brasileiro

Volkswagen Fusca rabo-de-peixe - Reprodução
Volkswagen Fusca rabo-de-peixe Imagem: Reprodução

Julio Cabral

Do UOL, em São Paulo

22/06/2022 04h00Atualizada em 22/06/2022 12h30

O brasileiro não tem limites quando o assunto é criatividade, principalmente ao falarmos de carro. Tanto que é comum dizerem que deveríamos ser estudados pela Nasa, a agência espacial norte-americana. E mais uma invenção automotiva nacional viralizou nas redes nos últimos dias.

Um Volkswagen Fusca pode virar tudo, sua plataforma deu origem até a esportivos da Porsche. Mas nem sempre essas criações são primorosas, algo provado pelo modelo repercutido em um perfil do Instagram. Misturar características de carros diferentes já é até lugar-comum nas criações feitas sobre o VW, no entanto, esse aqui extrapola essa questão.

Só dá para ver a traseira do possante, algo que já deixa clara a inspiração nos antigos carros americanos dos anos 50 e 60. Foi uma época em que os famosos rabos de peixe estavam em voga, e não foi diferente com esse Fusquinha.

O Fusca recebeu para-lamas traseiros modificados, mais largos e com espaço para o prolongamento da parte de trás. As lanternas parecem ser as originais, mas, para dar aquele ar de carro americano de décadas atrás, estão um pouco "afundadas" na lataria.

A cobertura prolongada do motor deixa espaço para aletas de ventilação, uma solução indispensável em um modelo com propulsor refrigerado a ar. O para-choque veio de outro doador.

Há mais um toque cinquentista: as coberturas das rodas traseiras, recurso que servia para melhorar a aerodinâmica e, claro, chamar atenção. E o teto e as colunas são pintados de preto. Uma faixa branca dá o tom bicolor nessa parte. Tudo bem coerente?

Ficou bonito esse Fusca à moda dos antigos Cadillacs e do Ford Thunderbird? Algo que somente a Nasa pode explicar.