PUBLICIDADE
Topo

IPVA 2022: saiba como se proteger de golpes e fraudes ao pagar o imposto

Rivaldo Gomes/Folhapress
Imagem: Rivaldo Gomes/Folhapress

Do UOL, em São Paulo (SP)

19/01/2022 04h00

Com a chegada do prazo de pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA 2022), secretarias de diversos estados brasileiros fazem campanhas de alerta a contribuintes para que consultem apenas seus canais oficiais para a obtenção de informações sobre o imposto.

Isso ocorre devido ao fato de cada vez mais circularem em meios digitais iscas para golpes envolvendo o IPVA 2022, com a possível geração de boletos falsos com desconto enviados por e-mail, SMS e WhatsApp para enganar contribuintes.

  • O UOL Carros agora está no TikTok! Acompanhe vídeos divertidos, lançamentos e curiosidades sobre o universo automotivo.

Há também sites feitos por golpistas que simulam a aparência das páginas oficiais das secretarias da fazenda para colher informações de veículos de maneira ilegal, além de informações financeiras das vítimas.

Desta forma, a consulta do imposto deverá ser feita apenas no site do governo do estado que o automóvel em questão está registrado, com o pagamento sendo efetuado na rede bancária credenciada. A consulta pode ser feita nos terminais de autoatendimento, pela Internet ou diretamente nas agências, bastando o número do Renavan do veículo.

Em São Paulo, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) alerta que o Detran-SP não é responsável pelo recolhimento do IPVA e não fornece informações para isso. Ainda avisa sobre o golpe do desconto no imposto - no qual criminosos, se passando pela PGE, oferecem serviços e boletos para as vítimas.

Segundo a procuradoria, não há contato por parte da entidade com pessoas físicas ou jurídicas oferecendo a possibilidade. Já no caso de e-mails recebidos com links para emissão das guias, a regra é apagar a mensagem sem clicar em nada.

Atualmente 15 estados não enviam boleto para pagamento de IPVA. Já os outros 11 estados e o Distrito Federal mandam a fatura pelos Correios. Assim, no caso de recebimento, é preciso ficar atento e checar os dados do boleto, já que golpistas podem enviar um documento similar com alteração no código de barras.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.