PUBLICIDADE
Topo

Por que tanque dos Fuzileiros soltou fumaça preta em desfile para Bolsonaro

10 ago. 2021 - Desfile de veículos militares blindados na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, na manhã de hoje - Gabriela Biló/Estadão Conteúdo
10 ago. 2021 - Desfile de veículos militares blindados na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, na manhã de hoje Imagem: Gabriela Biló/Estadão Conteúdo

José Antonio Leme

Do UOL, em São Paulo (SP)

11/08/2021 16h45Atualizada em 12/08/2021 13h54

Durante o desfile dos blindados e tanques dos Fuzileiros Navais da Marinha, em Brasília, o que mais chamou a atenção do público nas imagens e nos presentes foi a quantidade de fuligem e fumaça preta que saiu de um dos principais veículos da passagem.

O modelo em questão é o tanque SK-105A2S Kürassier, produzido na Áustria e que já foi usado por diversos governos e exércitos ao redor do mundo. Mas qual o motivo da fumaça, afinal?

Antes é preciso dizer que, aquele tipo de fumaça e naquela proporção, apenas motores a diesel produzem. E esse é o caso da motorização do SK-105A2S Kürassier: um motor 6 cilindros, diesel, de 320 cv originais.

Em motores mais antigos, como é o caso desse, é normal soltar fumaça. Primeiro porque a regulamentação em cima dos motores a diesel e a emissão de poluentes não era tão restrita como hoje por meio de programas como o Proconve e o Euro.

Quando a fumaça está em um nível tão alto quanto o apresentado é um sinal de motor fora da especificação original. Isso significa que a mistura entre óleo diesel e ar está mais rica do que deveria.

Segundo o especialista em motores da Takao, Maurício Ferrareis, geralmente ocorre em um motor a diesel quando ele teve um novo ajuste ou foi preparado para entregar mais potência.

"No caso de veículos militares, além de não ter a preocupação em usar catalisador, geralmente são motores de linha de algum fornecedor que acabam recebendo ajuste para entregar mais potência para lidar com todo o peso do tanque ou blindado", diz.

Além disso, outras questões que podem gerar tal "fumacê" é o uso de diesel de baixa qualidade ou até mesmo de diesel velho. "O diesel retira umidade do ar, então acaba acumulando água no tanque quando um veículo movido a óleo fica muito tempo parado", explica o especialista.

Ferrareis também fala que pode haver problemas na bomba de combustível ou bico de injeção em casos de muita fumaça, mas pontua que nesse caso geralmente a fumaça é branca e não preta, como a que foi expelida pelo tanque dos Fuzileiros Navais.