PUBLICIDADE
Topo

Morre Tarcísio Meira: ator foi fiel e teve 13 carros da mesma marca

Tarcísio Meira se presenteou com Camry e SW4 ao festejar 83 anos e recebeu chaves de chefão da Toyota em outubro de 2018 - Divulgação
Tarcísio Meira se presenteou com Camry e SW4 ao festejar 83 anos e recebeu chaves de chefão da Toyota em outubro de 2018 Imagem: Divulgação

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

12/08/2021 13h13Atualizada em 12/08/2021 16h08

O ator Tarcísio Meira, que morreu hoje (12) vítima de covid-19, viveu um caso de amor com uma marca de carro por toda a vida. Em seus 85 anos, o artista adquiriu apenas modelos da Toyota. Ao todo foram 13, incluindo o seu primeiro, adquirido na década de 70: um Bandeirante, que comprou para pegar no batente na sua fazenda em Aurora, no Pará.

Em seu aniversário de 83 anos, em 2018, Tarcísio presenteou a si mesmo com dois veículos da marca. Na época, a Abradit (Associação Brasileira dos Distribuidores Toyota) conversou com o astro, que recebeu as chaves dos seus novos Camry e SW4 em uma concessionária da capital paulista. Quem fez a entrega foi Steve St. Angelo, então CEO da montadora para a América Latina e Caribe e chairman da Toyota do Brasil.

Na entrevista para a entidade, ele conta que adquiriu seu primeiro Bandeirante logo após se tornar proprietário da fazenda, em 1974.

Siga o UOL Carros no

"Eu precisava de um carro muito resistente, com capacidade para trabalhar num terreno bravo e hostil. Ao procurar um veículo com essas características, olhei, senti e optei pelo Bandeirante", relembrou o artista na ocasião.

Ele revelou que mais tarde comprou outro Bandeirante para as tarefas no Pará e sua primeira picape Hilux, para uso pessoal - ele também era proprietário de outra fazenda, em Campina do Monte Alegre, no interior paulista.

Foi nessa fazenda, inclusive, que Tarcísio relatou ter vivido uma das histórias marcantes envolvendo seus veículos 4x4 - no caso, uma Hilux com sua mulher, a também atriz Glória Menezes, ao volante - ela e o marido foram internados na sexta passada (6) com sintomas do coronavírus.

"O carro entrou na lama, foi afundando e tinha que superar também uma lombada imensa. Em seguida, surpreendentemente, ele subiu e continuou o trajeto".

Já para os deslocamentos urbanos, Meira utilizava majoritariamente o Camry - que, segundo ele, não chama a atenção "de forma espalhafatosa":

"É discreto como eu. Os carros da Toyota não apresentam problemas. Eles são inacabáveis", disse o ator, acrescentando que não comprava automóveis de outras marcas.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.