PUBLICIDADE
Topo

Licenciamento 2021 em SP tem reajuste de 40%; veja calendário e como pagar

Taxa de licenciamento de veículos em SP sobe de R$ 93,87 para R$ 131,80 em 2021; emissão do CRLV é feita de forma eletrônica - Aloisio Mauricio / Estadão Conteúdo
Taxa de licenciamento de veículos em SP sobe de R$ 93,87 para R$ 131,80 em 2021; emissão do CRLV é feita de forma eletrônica Imagem: Aloisio Mauricio / Estadão Conteúdo

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

30/12/2020 12h24Atualizada em 06/01/2021 13h05

O Detran-SP (Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo) divulgou hoje no Diário Oficial o calendário do licenciamento anual de veículos no Estado, referente ao exercício de 2021.

O calendário de pagamento começa em 1º de abril de 2021, organizado por mês, de acordo com o final da placa. A quitação pode ser antecipada, o que permite pagar menos.

Até 14 de janeiro, a taxa é de R$ 98,91 - reajuste de 5,36% em relação aos R$ 93,87 cobrados em 2020.

Após essa data, o valor sobe para R$ 131,80, alta de 40,4%, válido exclusivamente para automóveis zero-quilômetro. Os usados seguirão recolhendo R$ 98,91 ao longo deste ano.

Em 2021, não haverá cobrança de taxa do seguro DPVAT, conforme decisão do CNSP (Conselho Nacional de Seguros Privados).

Calendário do licenciamento 2021 SP

Veículos automotores, reboques e semirreboques

Placas com final 1
Prazo até 30 de Abril

Placas com final 2
Prazo até 31 de maio

Placas com final 3
Prazo até 30 de junho

Placas com final 4
Prazo até 30 de julho

Placas com final 5 e 6
Prazo até 31 de agosto

Placas com final 7
Prazo até 30 de setembro

Placas com final 8
Prazo até 29 de outubro

Placas com final 9
Prazo até 30 de novembro

Placas com final 0
Prazo até 30 de dezembro

Caminhões ou caminhões tratores

Placas com final 1 e 2
Prazo até 30 de setembro

Placas com final 3, 4 e 5
Prazo até 29 de outubro

Placas com final 6, 7 e 8
Prazo até 30 de novembro

Placas com final 9 e 0
Prazo até 30 de dezembro

Como pagar o licenciamento 2021 SP

Para pagar o licenciamento 2021 de São Paulo, o veículo deve ter todos os débitos relativos a tributos, encargos e multas de trânsito e ambientais quitados, incluindo o IPVA 2021.

Automóveis com restrições judiciais ou administrativas têm de ter a situação regularizada para viabilizar o respectivo licenciamento anual.

O pagamento poderá ser feito via internet banking, aplicativo ou caixa eletrônico nos bancos conveniados (Santander, Bradesco, Banco do Brasil, Safra, Itaú, Caixa Econômica Federal) e nas Lotéricas.

Um dia após o recebimento, o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) ficará disponível para download e impressão no item Licenciamento Digital nos portais do Poupatempo, Detran-SP e Denatran, além dos aplicativos Poupatempo Digital, Detran-SP e CDT (Carteira Digital de Trânsito).

O motorista poderá salvar o documento no próprio celular ou imprimir na sua casa, em papel sulfite comum.

Carros a GNV

Nos casos de veículos movidos a GNV (Gás Natural Veicular), para que o licenciamento seja expedido é necessária prévia aprovação em inspeção de segurança veicular com a respectiva expedição de CSV (Certificado de Segurança Veicular).

Caso não tenha sido transmitido eletronicamente o CSV, o proprietário ou seu representante legal deverá apresenta-lo presencialmente em um posto de atendimento do Detran-SP.

Penalidades para licenciamento vencido

Rodar com veículo cujo licenciamento está atrasado é infração gravíssima de acordo com o CTB (Código de Trânsito Brasileiro), com multa de R$ 293,47, sete pontos no prontuário da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e remoção do veículo para a respectiva regularização.