PUBLICIDADE
Topo

Honda amplia capacidade de parque eólico no RS para reduzir emissão de CO2

Honda é única montadora de carros com parque eólico no país - Divulgação
Honda é única montadora de carros com parque eólico no país
Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo (SP)

03/12/2020 14h11

Resumo da notícia

  • Montadora é única a manter parque de energia eólica no Brasil
  • Energia produzida abastece fábricas da Honda em Sumaré e Itarapina
  • Empresa tem meta global de reduzir emissões de CO2 em 50% até 2050

A Honda Energy, subsidiária da Honda Automóveis do Brasil, ampliou a capacidade de seu parque eólico, localizado na cidade de Xangri-Lá (RS).

Segundo a empresa, um novo aerogerador entrou em operação em novembro.

Com ele, o parque passa a ter dez turbinas e uma capacidade instalada de 31,7 megawatts (MW), resultando em aumento na capacidade de geração em torno de 11%.

A potência da geração da nova torre é de 3,8 megawatts, 23% superior ao modelo dos demais aerogeradores, As pás medem 66 metros cada e alcançam diâmetro de 136 metros quando montadas. Em seu ponto mais alto, o conjunto atinge 180 metros de altura.

A energia proveniente da Honda Energy atende à demanda elétrica da unidade de Sumaré (SP) onde estão localizados a fábrica de automóveis, o Centro de Pesquisa & Desenvolvimento e o escritório sede da marca.

Em 2016, a energia eólica da Honda Energy passou a suprir também o escritório administrativo em São Paulo, no bairro do Morumbi e, desde 2019, alimenta também a segunda fábrica de automóveis da empresa, em Itirapina (SP).

A empresa possui uma meta global de reduzir a emissão de gás carbônico em seus produtos e processos seletivos em 50% até 2050. Esse foi um dos motivos pelo qual a Honda decidiu construir o parque de geração de energia eólica, que garante uma matriz energética "ainda mais sustentável", segundo a marca.

Atualmente, a Honda é a única fabricante de veículos a contar com um parque eólico próprio.