PUBLICIDADE
Topo

Amarok V6: veja prós e contras diante de Hilux, S10, Ranger e L200

Vitor Matsubara

Do UOL, em São Paulo (SP)

30/10/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Picape de R$ 243.290 é a mais cara e potente do segmento
  • Rivais são mais fracas, mas também custam menos
  • Amarok tem maior caçamba e maior capacidade de carga da categoria

A Volkswagen apresentou ontem (29) a nova Amarok V6.

Sem mudanças no design desde 2016, a picape traz uma atualização no já possante motor 3.0 V6, que agora entrega 258 cv.

Essa é a principal atração do modelo, que parte de R$ 243.290 na versão Highline - a mais barata oferecida com esta motorização.

Por conta do preço alto e do desempenho acima da média, a picape não tem concorrentes diretos no mercado. Entretanto, quem pensa em comprar um carro tão caro assim pode considerar economizar alguns milhares de reais e comprar outra picape.

É por isso que UOL Carros mostra o que traz a Amarok V6 e as versões mais sofisticadas de Toyota Hilux, Chevrolet S10, Ford Ranger e Mitsubishi L200.

Preço

Hilux - Murilo Góes/UOL - Murilo Góes/UOL
Hilux GR-S também usa motor V6, mas é movida a gasolina
Imagem: Murilo Góes/UOL

A VW reduziu a gama da Amarok a apenas três versões: Comfortline, Highline e Extreme. Quem quiser o motor V6 precisará desembolsar pelo menos R$ 243.290 pela configuração Highline.

Isso faz o modelo da Volkswagen ser bem mais caro do que os rivais. A Mitsubishi L200 Triton Sport HPE-S é a que mais se aproxima: R$ 232.990 - ainda assim uma diferença de respeitáveis R$ 10.300.

Quem mais se aproxima da picape da VW é a Toyota Hilux GR-S V6. Porém, ela é equipada com um motor 4.0 V6 movido a gasolina, capaz de entregar 234 cv. Seu preço também é bem menor: R$ 222.990.

As versões mais possantes de S10, Ranger e Frontier são bem mais fracas: são 200 cv em S10 e Ranger e 190 cv na Frontier.

Só que os valores também são bem inferiores: enquanto a S10 High Country custa R$ 218.690, a Ranger Limited sai por R$ 222.490. A Frontier LE custa R$ 223.370.

Desempenho

Amarok - Marcos Camargo/UOL - Marcos Camargo/UOL
Função 'Overboost' eleva potência da Amarok para 272 cv
Imagem: Marcos Camargo/UOL

Aqui não tem para ninguém: a Amarok V6 é claramente superior às rivais. Se antes a picape já era a mais potente do segmento com 225 cv, sua superioridade ficou ainda maior com as recalibrações no motor 3.0 V6.

São 258 cv, sendo que a função Overboost eleva a cavalaria para 272 cv por 10 segundos. Além de temporário, esse incremento acontece apenas se a picape estiver entre 50 km/h e 120 km/h. Sobre os números de desempenho, a Amarok acelera de 0 a 100 km/h em 7,6 segundos e chega aos 190 km/h.

A Toyota Hilux GR-S V6 chega perto com os 234 cv, mas anda menos. O modelo precisa de 11 segundos para ir de 0 a 100 km/h e atinge a velocidade máxima de 180 km/h.

Do restante das rivais, S10 e Ranger são as mais potentes, ambas com 200 cv cada.

Itens de série

Ranger - Murilo Góes/UOL - Murilo Góes/UOL
Ranger é a única picape com piloto automático adaptativo
Imagem: Murilo Góes/UOL

Mesmo custando quase R$ 250 mil, a Amarok não tem um pacote de equipamentos condizente com seu valor.

A picape traz itens como 4 airbags (a maioria das rivais possui 6 bolsas), controles de estabilidade e de tração, assistente de partida em rampas, controle de velocidade em descidas, tração integral, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, ar-condicionado digital com duas zonas de temperatura, bancos dianteiros com regulagens elétricas, estribos laterais, câmera de ré, piloto automático (sem função adaptativa) com limitador de velocidade, faróis bi-xenon com luzes diurnas em LED, protetores de cárter e de transmissão, retrovisores com regulagens elétricas e aquecimento, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, sensor de chuva e rodas aro 20, entre outros itens.

Frente às rivais, a Amarok decepciona ao não vir com assistências de condução.

Faltam itens como piloto automático adaptativo (exclusividade da Ranger), alerta de colisão frontal e sistema de frenagem autônoma de emergência (presente em Ranger, S10 e L200).

Também não há câmera com visão em 360 graus (algo que só a Frontier possui). E nem itens mais básicos, como partida do motor por botão - oferecida em quase todas as competidoras - e destravamento das portas sem chave.

Caçamba e capacidade de carga

Amarok 2 - Marcos Camargo/UOL - Marcos Camargo/UOL
Caçamba da Amarok é a maior da categoria
Imagem: Marcos Camargo/UOL

A picape da VW é a campeã em capacidade de carga.

A caçamba da Amarok comporta 1.280 litros e pode carregar até 1.156 kg. A segunda maior caçamba é da Ranger, capaz de acomodar 1.180 litros. mas ela carrega até 1.001 kg.

A L200 leva 1.046 litros e 1.000 kg de carga, enquanto a S10 comporta 1.061 litros e 1.049 kg.

Errata: o texto foi atualizado
A Amarok V6 sai de fábrica com 4 airbags, e não 6. Informação corrigida.