PUBLICIDADE
Topo

Novo Porsche 911 Targa "mistura" cupê com conversível e até freia sozinho

Nova geração do 911 Targa será vendida nas versões 4 e 4S - Divulgação
Nova geração do 911 Targa será vendida nas versões 4 e 4S
Imagem: Divulgação

Vitor Matsubara

Do UOL, em São Paulo (SP)

17/05/2020 19h02

Resumo da notícia

  • Nova geração tem teto elétrico que se recolhe em 19 segundos
  • Carro terá duas variações do 3.0 boxer, com 385 cv e 450 cv
  • Design e interior foram inspirados nos 911 dos anos 70

Depois de lançar o 911 nas versões Coupé e Cabriolet, chegou a vez do 911 Targa.

O modelo conhecido por "combinar" o design esportivo de um cupê com a possibilidade de andar com os cabelos ao vento de um conversível será vendido nas versões 4 e 4S.

O design do 911 Targa é um capítulo a parte. Frente ao seu antecessor, o carro traz para-lamas mais pronunciados e um capô estilizado à moda das primeiras gerações do esportivo. Um spoiler traseiro domina a traseira e traz a terceira luz de freio integrada. De acordo com a fabricante, grande parte da carroceria (com exceção da dianteira e da traseira) é feita de alumínio.

Teto pode ser recolhido em apenas 19 segundos - Divulgação
Teto pode ser recolhido em apenas 19 segundos
Imagem: Divulgação

O teto tem acionamento elétrico e pode ser aberto ou fechado em 19 segundos. Assim como o primeiro 911 Targa de 1965, o carro traz um vistoso santantônio atrás dos bancos dianteiros e uma janela traseira envolvente.

Interior é inspirado nos 911 dos anos 70 - Divulgação
Interior é inspirado nos 911 dos anos 70
Imagem: Divulgação

A cabine usa como referência o estilo minimalista e com linhas horizontais dos 911 dos anos 70. Obviamente não faltam o conta-giros em posição central no painel de instrumentos e a chave de ignição do lado esquerdo, duas heranças da Porsche. A central multimídia tem uma tela tátil de 10,9 polegadas e incorpora as principais funções do veículo, além de um sistema de navegação online.

Mais de 300 km/h

Nova geração do Targa traz duas variações do motor 3.0 boxer turbo - Divulgação
Nova geração do Targa traz duas variações do motor 3.0 boxer turbo
Imagem: Divulgação

O 911 Targa é movido por um motor boxer de seis cilindros com dois turbocompressores. São 385 cv na versão 4 (um aumento de 15 cv) e 45,9 kgfm de torque máximo.

Assim, o carro acelera de 0 a 100 km/h em 4,2 segundos (um décimo a menos do que o antigo Targa 4) se equipado com o pacote opcional Sport Chrono. A velocidade máxima é de 289 km/h.

Já a versão 4S entrega 450 cv (30 cv a mais) e torque máximo de 54 kgfm. Com tudo isso, o esportivo parte da imobilidade até os 100 km/h em 3,6 segundos - ou 0,4 segundos mais rápido do que seu antecessor. A velocidade final declarada pela marca é de 304 km/h, uma diferença de 3 km/h a mais.

A versão de entrada pode vir com câmbio manual, mas ambas as configurações oferecem transmissão PDK de dupla embreagem com oito velocidades. Entre as novidades estão o piloto automático adaptativo, chamado pela Porsche de InnoDrive, e o sistema Smartlift, que eleva a altura da dianteira em alguns milímetros para impedir que o veículo raspe a frente em valetas e outras "ameaças" das cidades.

Eletrônica a toda

Traseira tem um discreto spoiler com luzes de freio integrada - Divulgação
Traseira tem um discreto spoiler com luzes de freio integrada
Imagem: Divulgação

Um dos grandes destaques do 911 Targa é o novo sistema de tração integral. Segundo a Porsche, o eixo dianteiro é assistido pelo sistema Porsche Traction Management (PTM), assegurando "melhor tração independente da condição do piso".

O sistema de amortecedores ativos sai de fábrica nas duas versões. Ele é capaz de se ajustar automaticamente de acordo com o estilo de condução do motorista e também com a aderência do solo. É possível escolher entre dois mapas de configurações pré-ajustadas: Normal e Sport.

Já o Porsche Torque Vectoring Plus (PTV Plus) é um sistema de vetorização de torque equipado com bloqueio eletrônico do diferencial traseiro e está disponível como opcional no Targa 4. A exemplo do que acontece com o atual 911, as versões Targa contam com o modo "Wet" para uso em pisos molhados. Ele atua por meio de sensores instalados nos para-lamas dianteiros e configura o veículo para proporcionar melhor aderência mesmo em trechos escorregadios.

Rodas de liga leve são de 20 e 21 polegadas na versão 4S - Divulgação
Rodas de liga leve são de 20 e 21 polegadas na versão 4S
Imagem: Divulgação

O 911 Targa 4 sai de fábrica com pneus 235/40 ZR calçando as rodas de 19 polegadas no eixo dianteiro e 295/35 ZR com rodas de 20 polegadas no eixo traseiro. Já a versão 4S traz pneus 245/35 ZR com rodas aro 20 na frente e 305/30 ZR com rodas de 21 polegadas atrás.

O sistema de freios do Targa 4 tem discos de freio de 330 milímetros de diâmetro com pinças de quatro pistões pintadas de preto. O Targa 4S é identificado pelos discos de 350 milímetros de diâmetro com pinças vermelhas de seis pistões na frente e quatro pistões atrás. É possível ainda encomendar seu carro com freios de carbono-cerâmica.

Informações de preços e data de lançamento na Alemanha ainda não foram divulgadas. Também não há confirmação de quando o 911 Targa chegará ao Brasil.